Volta ao mundo de trem percorre 21 mil quilômetros e passa por sete países – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Variedades

Volta ao mundo de trem percorre 21 mil quilômetros e passa por sete países

Publicado há

em

Compartilhe 📣





Estados Unidos, Canadá, China, Rússia, Mongólia, Finlândia e Suécia em 28 dias, tudo a bordo de seis trens diferentes, incluindo um trecho na lendária rota Transiberiana. Essa é a proposta da Volta ao Mundo de Trem, viagem oferecida pela empresa Trains & Tours, do grupo TT Travel.

A experiência começa em Chicago, nos EUA, em 8 de setembro, e acaba em Estocolmo, na Suécia, em 5 de outubro.




Durante o período, o viajante conhecerá 17 cidades diferentes entre os países citados acima. Dez noites serão a bordo de trens, 15 em hotéis das redes Hilton, Sheraton, Crowne Plaza e Hyatt, uma num ferryboat que liga a Finlândia à Suécia e outra num voo de Vancouver a Pequim.

Quem desembolsar os cerca de R$ 110 mil pela viagem terá direito a 71 refeições (27 cafés da manhã, 23 almoços e 21 jantares), passagens aéreas para os trechos feitos a bordo de avião e city tours nas cidades de parada.

Há guia brasileiro durante todo o trajeto. Roteiro completo e mais informações em voltaaomundodetrem.com.br.



Transcontinental

A proposta da empresa é oferecer uma viagem inédita transcontinental e em sua grande parte por terra, a bordo de um dos mais antigos e tradicionais meios de locomoção, para aqueles que são apaixonados por trens.

Percorrendo 21.000 quilômetros sobre trilhos e por diversos países em vinte e oito dias, desde a famosa cidade dos ventos – Chicago, surpreendente por ser uma das mais dinâmicas dos Estados Unidos, atravessaremos as impressionantes Montanhas Rochosas em território americano e canadense e diversos parques nacionais com paisagens de tirar o fôlego. Em sequência cruzaremos o Oceano Pacífico em voo de Vancouver até Pequim, de onde percorreremos dois continentes ao longo da mais famosa ferrovia do mundo – Transiberiana, desde o Deserto de Gobi, pela Sibéria, através da fronteira geográfica entre a Europa e a Ásia marcada pelos Montes Urais, até chegarmos à Estocolmo, onde finalizamos esta jornada que certamente marcará sua vida.



Destinos e trens

Na Europa, um bom programa é conhecer a Espanha no trem Al Andaluz. O trajeto por via férrea parte de Sevilha e passa por Córdoba, Toledo, León e Ávila, até Santiago de Compostela. O tour é parte de um pacote maior, de 17 noites, com estadia em hotéis de Portugal e Espanha.

A África do Sul também pode ser desbravada de trem. A bordo do African Explorer, a partir de Johannesburgo, o visitante percorre a parte sul do país. Entre as atrações, Kimberley, onde fica a maior mina de diamantes do mundo; o Parque Nacional Augrabies, com suas famosas quedas d’água; o Cânion do Rio Fish; e as fazendas de Windhoek, em que girafas, antílopes e avestruzes podem ser avistados da janela.




A mesma operadora tem roteiro no trem transiberiano, de Pequim a Moscou, via Mongólia, passando pela Sibéria Oriental e os Urais.

No Brasil, o passeio mais famoso, e dos mais lindos, é o da Serra do Mar paranaense, entre Curitiba e Morretes. O turista vislumbra rios, cascatas e cânions, e o trem vai, em alguns trechos, lado a lado com o abismo. A viagem leva de três a quatro horas.




Compartilhe 📣
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio