Tenista gaúcho é banido do esporte e multado em mais de 500 mil reais
Connect with us

Esportes

Tenista gaúcho é banido do esporte e multado em mais de 500 mil reais

O motivo das duras penas foi a condenação por múltiplos casos de manipulação de resultados.

Publicado há

em

Foto: Reprodução | Facebook

A Tennis Integrity Unit (TIU) anunciou nesta segunda-feira o banimento do jogador brasileiro Diego Matos, atleta de 31 anos e 373º colocado no ranking de duplas da ATP. Ele também foi multado em US$ 125 mil. O motivo das duras penas foi a condenação por múltiplos casos de manipulação de resultados.

A investigação conduzida pelo auditor independente anticorrupção, Prof. Richard H. McLaren, concluiu que Matos manipulou os resultados de dez partidas disputadas ao longo do ano passado, em torneios de nível future no Brasil, Equador, Portugal, Espanha e Sri Lanka.

Matos estava suspenso provisoriamente desde o dia 6 de dezembro do ano passado, enquanto aguardava a conclusão do processo disciplinar da TIU contra ele. Também foi definido que ele terá que devolver a soma de US$ 12 mil que recebeu de forma considerada ilícita em um torneio no Equador.

Notícia Relacionada:
Bolsonaro tem alta, deixa hospital e volta para Brasília após 10 dias internado

Além das acusações de manipulação de resultados, o jogador também foi considerado culpado de não cooperar com a investigação da TIU. Durante três entrevistas, ele se recusou a cumprir totalmente os pedidos para fornecer seu telefone celular para a perícia e também não apresentou registros de movimentações financeiras.

Com a sentença, Diego Matos está permanentemente proibido de competir ou mesmo de comparecer a qualquer competição oficial de tênis. O gaúcho de Porto Alegre chegou a ocupar o 241º lugar no ranking de duplas da ATP em dezembro, depois de ter vencido quatro torneios profissionais de duplas no ano passado. Em simples, a melhor marca de sua carreira foi o 580º lugar, alcançado ainda em 2012.

Patrocínio