Teatro Renascença apresenta show em homenagem à mulher negra – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Cultura

Teatro Renascença apresenta show em homenagem à mulher negra

Publicado há

em

Compartilhe 📣




Com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, por meio da Coordenadoria do Povo Negro da Diretoria dos Direitos Humanos, estreia nesta quarta-feira, 9, às 19h30 no Teatro Renascença, o espetáculo As Teresas, da companhia de dança Brazil Estrangeiro. Ingressos a R$ 20.

O espetáculo foi criado com inspiração na vida de Teresa de Benguela para trazer à luz exemplos de força e resistência feminina, tão aclamadas nos dias atuais. Além disso, é uma homenagem a todas as mulheres negras, latino-americanas e caribenhas pelo seu dia comemorado em 25 de julho. O show musical reúne diversos artistas negros consagrados no cenário do Rio Grande do Sul com teatro, dança, música e poesia retratando marcas da ancestralidade africana feminina – no cabelo, na pele, nas cores e desenhos das roupas, no batuque dos tambores e na história de vida de mulheres de luta e resistência.



Teresa de Benguela – A história negra do Brasil é contada de diferentes formas, sujeitos e versões. Muitos são os heróis e símbolos representam e fazem parte das raízes do povo negro, como Zumbi, Dandara, Luiz Gama, Carolina de Jesus, e muitos outros cantos e danças da resistência afro brasileira. Uma delas é Teresa de Benguela que, apesar da pouca representatividade na história oficial do país, é comparada ao líder negro Zumbi dos Palmares. A “Rainha do Pantanal” do período colonial viveu no Mato Grosso no século XVIII como líder quilombola e resistiu à escravidão por duas décadas, companheira de José Piolho, que chefiava o Quilombo do Quariterê, nos arredores de Vila Bela da Santíssima Trindade, Mato Grosso. Quando José Piolho morreu, Teresa assumiu o comando daquela comunidade quilombola e liderou levantes de negros e índios em busca da liberdade revelando-se uma grande líder.

Dia 25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. A data foi instituída no calendário feminista no 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, que aconteceu em 1992, na República Dominicana. No Brasil, é também Dia de Teresa de Benguela. A Lei 12.987/2014 inclui o dia no calendário comemorativo brasileiro. (PMPA)




Compartilhe 📣
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio