Salário de Regina Duarte deve deve diminuir muito caso aceite o convite de Bolsonaro – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Política

Salário de Regina Duarte deve deve diminuir muito caso aceite o convite de Bolsonaro

aso aceite a proposta, a atriz verá uma queda enorme em seus rendimentos.

Publicado há

em

Instagram

Regina Duarte recebeu de Jair Bolsonaro (sem partido) o convite para assumir o comando da Secretaria Especial da Cultura. Caso aceite a proposta, a atriz verá uma queda enorme em seus rendimentos.

De acordo com o colunista João Batista Jr, da revista Veja, a famosa tem salário fixo de R$ 60 mil – e passa para R$ 120 mil quando está no ar -, na Globo. Já como secretária, ela deve receber pouco menos de R$ 16 mil, salário que Roberto Alvim recebia.

A publicação afirma ainda que, logo após o antigo secretário cair – depois de copiar discurso e estética nazista em pronunciamento -, Bolsonaro ligou para Regina Duarte, que dará sua resposta nesta segunda-feira (20).

Na emissora de televisão, a atriz tem se sentido deslocada, principalmente por causa dos seus posicionamentos e apoio ao presidente. O político, cabe lembrar, tem na emissora carioca uma grande inimiga.

Além disso, Regina não tem emplacado personagens marcantes em produções recentes. No fim do ano passado, inclusive, o seu nome foi falado como um dos que seriam cortados, mas isso não aconteceu.

Com convite a Regina Duarte, Bolsonaro quer se aproximar da Globo

Regina Duarte é o nome mais cotado para assumir a secretaria de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), que estuda, inclusive, recriar o Ministério, caso a atriz aceite entrar à liderança da pasta. A famosa analisa a ideia desde sexta-feira (17), quando recebeu o convite do presidente.

De acordo com a revista Veja, o convite de Bolsonaro para Regina é visto por apoiadores dele como um aceno para uma relação menos conflituosa com a Globo.

Inclusive, no final do ano passado, um dos diretores da emissora chegou a ser convidado para uma conversa com o ministro da Educação Abraham Weintraub.

A publicação afirmou que, neste ano, o mesmo diretor do alto escalão do canal foi chamado para um encontro sigiloso com o presidente, o primeiro desde que o atual governo tomou posse.

E não são só os mais próximos de Bolsonaro que veem com bons olhos a decisão de convidar a veterana atriz para assumir a Cultura no lugar de Roberto Alvim. Para o Planalto, o “sim” dela será uma vitória para o governo.

Regina Duarte é considerada uma das famosas que transita muito bem no mundo dos artistas que se dizem perseguidos e o do bolsonarismo, que levanta bandeiras conservadoras na arte. A ideia, então, é que ela consiga levar para o atual governo o equilíbrio.

(Rd1)

loading...
Patrocínio

Desenvolvido por: