Repasse de área publica para construção de CT ao Internacional será analisado antes de virar projeto de lei – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Esportes

Repasse de área publica para construção de CT ao Internacional será analisado antes de virar projeto de lei

O repasse de área pública para construção do novo centro de treinamento do Sport Club Internacional vai ser analisado pelo governo do Estado antes de virar projeto de lei a ser apreciado pela Assembleia Legislativa.

Publicado há

em

Créditos da foto da notícia: Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini.

O repasse de área pública para construção do novo centro de treinamento do Sport Club Internacional vai ser analisado pelo governo do Estado antes de virar projeto de lei a ser apreciado pela Assembleia Legislativa. A construção da Cidade Colorada, que envolve área de cerca de 88,7 hectares na Estrada do Conde, na entrada de Guaíba, foi tema de reunião entre o governador Eduardo Leite e o presidente do clube, Marcelo Medeiros, nesta segunda-feira (28), no Palácio Piratini.
[in_article]

Em outubro de 2014, a área foi cedida ao clube em caráter oneroso, com um custo de R$ 35,6 mil mensais. Inclusive, o projeto do CT já foi aprovado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) gaúcho. Para dar seguimento ao processo, o governador solicitou que um pedido oficial seja encaminhado ao Piratini para posterior análise da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão antes de se tornar projeto de lei.

Leia:
Departamento de futebol do Grêmio pode passar por reformulação em 2020

[in_article]

Além da construção do complexo esportivo – que serviria como alojamento para jovens de 13 a 18 anos das categorias de base -, o projeto envolve em contrapartida a construção de uma escola pública em Guaíba. “O governador se mostrou sensível à pauta para que tenhamos a propriedade da área e possamos desenvolver nossos atletas”, afirmou Medeiros.

Se a área for permanentemente cedida ao clube, será possível captar verbas via Lei de Incentivo ao Esporte e também recursos particulares. “Como a intenção do Internacional é construir e edificar na área, precisamos de uma garantia que não precisaremos devolvê-la no futuro”, acrescentou o conselheiro do Internacional há 28 anos e ex-presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TJ-RS), José Aquino Flôres de Camargo.

Leia:
Prefeitura arrecada brinquedos para o Natal de crianças carentes

[in_article]

Medeiros colocou a estrutura colorada à disposição do Estado para criar ações sociais que impulsionem o crescimento do Rio Grande do Sul. Além disso, Leite foi convidado a assistir ao jogo do Internacional contra o Brasil de Pelotas na próxima segunda-feira (4), no Estádio Beira-Rio. “Recebo com alegria a disponibilidade do Inter de trabalhar em temas de interesse dos gaúchos. Sabemos o quanto o futebol mexe com as paixões da população e com a economia, e isso tem de ser reconhecido”, ressaltou o governador.

A reunião teve a presença do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, do deputado estadual e líder do governo na Assembleia, Frederico Antunes, do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, do deputado estadual Carlos Búrigo e do secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Rodrigo Lorenzoni. O assessor da presidência do Internacional, Caco Arais, e os conselheiros Celso Bernardi, Adão Villaverde e Giovanni Luigi acompanharam a comitiva.

Leia:
O Inter venceu o Botafogo por 1 a 0 e se mantém na briga pela Libertadores

Fonte: Agência de notícias do Estado do Rio Grande do Sul

Patrocínio