Repasse de área publica para construção de CT ao Internacional será analisado antes de virar projeto de lei

Esportes

Repasse de área publica para construção de CT ao Internacional será analisado antes de virar projeto de lei

O repasse de área pública para construção do novo centro de treinamento do Sport Club Internacional vai ser analisado pelo governo do Estado antes de virar projeto de lei a ser apreciado pela Assembleia Legislativa.

Créditos da foto da notícia: Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini.

O repasse de área pública para construção do novo centro de treinamento do Sport Club Internacional vai ser analisado pelo governo do Estado antes de virar projeto de lei a ser apreciado pela Assembleia Legislativa. A construção da Cidade Colorada, que envolve área de cerca de 88,7 hectares na Estrada do Conde, na entrada de Guaíba, foi tema de reunião entre o governador Eduardo Leite e o presidente do clube, Marcelo Medeiros, nesta segunda-feira (28), no Palácio Piratini.
[in_article]

Em outubro de 2014, a área foi cedida ao clube em caráter oneroso, com um custo de R$ 35,6 mil mensais. Inclusive, o projeto do CT já foi aprovado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) gaúcho. Para dar seguimento ao processo, o governador solicitou que um pedido oficial seja encaminhado ao Piratini para posterior análise da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão antes de se tornar projeto de lei.

[in_article]

Além da construção do complexo esportivo – que serviria como alojamento para jovens de 13 a 18 anos das categorias de base -, o projeto envolve em contrapartida a construção de uma escola pública em Guaíba. “O governador se mostrou sensível à pauta para que tenhamos a propriedade da área e possamos desenvolver nossos atletas”, afirmou Medeiros.

Se a área for permanentemente cedida ao clube, será possível captar verbas via Lei de Incentivo ao Esporte e também recursos particulares. “Como a intenção do Internacional é construir e edificar na área, precisamos de uma garantia que não precisaremos devolvê-la no futuro”, acrescentou o conselheiro do Internacional há 28 anos e ex-presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TJ-RS), José Aquino Flôres de Camargo.

[in_article]

Medeiros colocou a estrutura colorada à disposição do Estado para criar ações sociais que impulsionem o crescimento do Rio Grande do Sul. Além disso, Leite foi convidado a assistir ao jogo do Internacional contra o Brasil de Pelotas na próxima segunda-feira (4), no Estádio Beira-Rio. “Recebo com alegria a disponibilidade do Inter de trabalhar em temas de interesse dos gaúchos. Sabemos o quanto o futebol mexe com as paixões da população e com a economia, e isso tem de ser reconhecido”, ressaltou o governador.

A reunião teve a presença do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, do deputado estadual e líder do governo na Assembleia, Frederico Antunes, do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, do deputado estadual Carlos Búrigo e do secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Rodrigo Lorenzoni. O assessor da presidência do Internacional, Caco Arais, e os conselheiros Celso Bernardi, Adão Villaverde e Giovanni Luigi acompanharam a comitiva.

Fonte: Agência de notícias do Estado do Rio Grande do Sul

Patrocínio
Patrocínio

Desenvolvido por: