Região Metropolitana de Porto Alegre teve mais demitidos do que contratados em 2018 – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Economia

Região Metropolitana de Porto Alegre teve mais demitidos do que contratados em 2018

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 30
    Shares

Créditos da foto da notícia: Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED mostram que a Região Metropolitana de Porto Alegre teve mais demissão do que contratação no ano de 2018. O saldo acumulado durante o ano foi de menos 563 postos de trabalhos, ou seja, foram 458.309 admitidos e 458.872 e desligados ao longo de 2018. Dos doze meses do ano, metade foi registrada saldo negativo na criação de postos de trabalhos.

No acumulado de 2018, 14 municípios tiveram saldo positivo de postos de trabalho, com destaque ao município de São Leopoldo, que fechou o ano com 1.795 novos postos de trabalho, enquanto o município de Novo Hamburgo foi o que mais teve demissões na Região Metropolitana de Porto Alegre em 2018 (-1.882).

As informações captadas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD Contínua até o terceiro trimestre de 2018 revelam que mesmo diminuindo o saldo de admitidos e desligados, a taxa de desocupação mantem-se estagnada, em relação ao segundo trimestre de 2018. A taxa da PNAD Contínua considera desocupada a pessoa com mais de 14 anos que procurou emprego e não encontrou na semana da realização da pesquisa.

Quando se analisa a desocupação por idade, observa-se que os jovens entre 14 a 17 anos, a taxa de desocupação aumentou para 47,8% no terceiro trimestre do ano, enquanto entre os de 18 a 24 anos diminuiu para 20,5%. A pesquisa ainda mostra que a taxa de desocupação das mulheres segue sendo uma das mais altas da série histórica iniciada no ano de 2012.

As vagas criadas no ano de 2018 foi com 86,50% dos trabalhadores recebendo até 2 salários mínimos mensais e 78,58% dos postos de trabalhos com jornada de 41 a 44 horas semanais. Outro dado do CAGED é que na Região Metropolitana de Porto Alegre a maior parte desses empregos eram como auxiliar de escritório, vendedor e atividades de proteção e segurança.

Fonte: IHU (Por: João Conceição e Marilene Maia)


Compartilhe 📣
  • 30
    Shares
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio