Processo que analisa obras do entorno da Arena avança no TCE-RS
Connect with us

Notícias

Processo que analisa obras do entorno da Arena avança no TCE-RS

Publicado há

em

Créditos da foto da notícia: Luciano Lanes/Arquivo PMPA.

O segundo dia consecutivo de reuniões no Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) para tratar das obras de infraestrutura do entorno da Arena, no bairro Humaitá, teve avanços significativos. O encontro, realizado na manhã desta terça-feira, 29, foi conduzido pelo conselheiro do TCE e relator do processo, Cezar Miola, e contou com a presença de representantes da Prefeitura de Porto Alegre, do Departamento Jurídico do Grêmio, de empresas envolvidas e de técnicos do tribunal. Foram esclarecidos pontos que precisam ser superados antes do prosseguimento do processo que tramita no órgão de controle.

De acordo com o conselheiro Cezar Miola, vários aspectos foram elucidados. “Contudo, ainda há importantes elementos destacados pelos técnicos e pela Procuradoria do Município (PGM) que ainda precisam ser formalizados e incluídos no processo, principalmente os que se referem às alterações dos projetos e às garantias para a efetiva conclusão das obras”, afirma.

Notícia Relacionada:
Mercado Público vira patrimônio histórico e cultural do Rio Grande do Sul

Obras prioritárias –  O conjunto de obras prioritárias compreende a duplicação da avenida AJ Renner, a duplicação da avenida Padre Leopoldo Brentano e a reformulação de trecho da avenida Pedro Boessio, além da construção de uma nova sede para o posto da 2ª Companhia do 11º Batalhão da Brigada Militar e ainda serviços de desassoreamento de parte da rede de macrodrenagem do município, responsável pelos alagamentos de parte do bairro.

A Karagounis se dispõe a contribuir para solucionar a questão que emperra o desenvolvimento da região, propondo-se a realizar as obras de infraestrutura importantes, viabilizando, assim, as condições necessárias para seguir com seus empreendimentos na cidade. A empresa tem a intenção de repactuar as obras de infraestrutura relevantes para a região. Essa motivação ocorreu devido ao impedimento da OAS Empreendimentos em realizar de imediato as obras por força das disposições do Plano de Recuperação Judicial homologado em 2016.

Notícia Relacionada:
Eleição de conselheiros tutelares terá passe livre nos ônibus

Participaram da reunião o secretário-adjunto municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), Jose Luis Fernandes Cogo; o procurador-adjunto da PGM, Nelson Marisco e o assessor Germano Bremm; Carolina Kessler, Patricia Tschoepke, Felipe Malacarne, da prefeitura; Fábio Beling, Marco Teixeira, Viviane Grosser, Aramis Ricardo Costa de Souza, Elisa Cecin Rohenkohl, Leo Arno Richter, Tarciso Dal Ri e Andrea Doval da Costa, pelo TCE-RS; Carlos Ronei Bortoli, da empresa Profill Eng e Andre Pinto, da Matricial Eng Consultiva e Gladimir Chiele, advogado que representa o Grêmio no processo.

Fonte: PMPA

loading...
Patrocínio