Prefeitura inaugura residencial terapêutico na Zona Leste
Connect with us

Notícias

Prefeitura inaugura residencial terapêutico na Zona Leste

Local une moradia de caráter temporário, tratamento e processo de reinserção social

Publicado há

em

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

O Residencial Terapêutico Nise da Silveira, localizado no bairro Intercap, na região Partenon-Lomba do Pinheiro, Zona Leste, foi inaugurado na manhã desta quinta-feira, 5. O serviço será prestado pelo Instituto Renascer e contará com dez vagas e serviço 24 horas. O local une moradia de caráter temporário, tratamento e processo de reinserção social de usuários com transtornos mentais.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior destaca a importância da parceria com uma instituição vocacionada para atender quem precisa deste serviço. “São pessoas que trabalham com evidências científicas e não movidas por interesses pessoais. Teremos aqui um serviço de qualidade, ampliado e com inovação para atender aqueles que estão no momento de vida que mais precisam da máquina pública. Vamos tratá-los de forma que realmente fiquem independentes,” diz o prefeito.

Desde 1995, o Município não abria novos serviços de residencial terapêutico. Atualmente, Porto Alegre conta com 14 vagas nesta modalidade de atendimento, o Residencial Nova Vida, com dez vagas, e o Residencial Cristiano Fisher, com quatro. O secretário de Saúde, Pablo Stürmer, explica que o projeto fecha o ciclo de reforma estrutural de saúde mental da prefeitura. “Até o final do ano, teremos 44 vagas. Parece pouco, mas para estas pessoas é muito. Entendemos que a rua ou o hospital não é a casa de ninguém. Aqui sim pode ser considerado um lar, que dará condições dignas para o desenvolvimento da autonomia destas pessoas”, frisa.

Notícia Relacionada:
Marchezan se recupera bem após cirurgia

O serviço é estratégico para Porto Alegre e faz parte do Plano Municipal de Superação da Situação de Rua e do Plano Municipal de Saúde Mental. Cerca de 100 pessoas com transtornos mentais graves ou persistentes devem ser beneficiadas.

O local funciona como residência com atividades de reabilitação psicossocial, egressos, prioritariamente, de internações psiquiátricas e de hospitais de custódia, que não possuam suporte financeiro, social e/ou laços familiares que permitam outra forma de reinserção, conforme explica o presidente do Instituto Renascer, Ricardo Cabreira. “Essas pessoas que estão aqui hoje serão ressocializadas e colocadas de volta na sociedade com um olhar diferente. Um olhar que leva a marca do instituto, transformando vidas e mostrando que todos podem e conseguem”, salienta. O local também pode acolher indivíduos em situação de rua e que tenham transtorno mental diagnosticado.

Notícia Relacionada:
Praça no Parque Santa Fé é a nona a receber revitalização

A equipe conta com três profissionais no período diurno (um técnico de enfermagem e dois cuidadores); dois cuidadores no período noturno; uma enfermeira; profissional de higienização e cozinheira; além de uma coordenação (psicólogo, assistente social ou terapeuta ocupacional). O serviço passa por monitoramento constante da Secretaria de Saúde, através de dados quantitativos e qualitativos sobre os atendimentos.

A vigência do termo de colaboração é de 60 meses. Dois novos residenciais em parceria com o instituto serão inaugurados até o fim do ano e o repasse mensal será de R$ 57 mil para cada residencial. A estrutura e contratualização foi realizada através de Chamamento Público lançado pela prefeitura em julho de 2018.

Instituto Renascer

Notícia Relacionada:
Mercado Público será remodelado em parceria com o setor privado

Fundado 18 de junho de 2007, possui sede em Porto Alegre e no município de Itaqui. O objetivo principal da entidade é realizar, apoiar e desenvolver projetos voltados para tecnologia, educação, sustentabilidade e melhora na qualidade de vida. Atuam na promoção de atividades destinadas a crianças, jovens e idosos com o intuito de fomentar o crescimento pessoal e profissional destas pessoas.

Também participaram do evento o secretário adjunto de Saúde, Natan Katz; a coordenadora do Residencial Terapêutico Nise da Silveira, Adriana Stédile; a coordenadora de Saúde Mental da SMS, Cristiane Martins; a diretora-geral do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, Adriani Galão; o representante da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, Daniel Boeira; representante da Associação Médica e Associação de Psiquiatria, Lucas Spanemberg e Mateus Reche e a representante do Lions, Nair Izolan.

Patrocínio