Prefeitura busca mais R$ 130 milhões para pavimentação – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Prefeitura busca mais R$ 130 milhões para pavimentação

Edgar Pires de Castro será uma das vias contempladas com as obras

Publicado há

em

Foto: Luciano Lanes/PMPA

A prefeitura recebeu sinal positivo da Caixa Econômica Federal para financiamento de até R$ 130 milhões para obras de requalificação viária estrutural e funcional de ruas e avenidas. A boa notícia chega logo após o Executivo encaminhar pedido de autorização para contratar R$ 50 milhões do Banco do Brasil, também para melhorias nas vias. Com mais esse investimento, somados aos R$ 30 milhões já garantidos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), são R$ 210 milhões para aplicar na qualificação da malha viária da Capital. O valor atende à necessidade do plano elaborado pelos técnicos da administração municipal para os próximos dez anos, que aponta R$ 200 milhões/ano, incluindo ações estruturais, funcionais e tapa-buracos.

Leia:
Defesa de Lula vai apresentar pedido de soltura imediata

“As reformas estruturais implementadas têm sido fundamentais para que o Município recupere a confiança e a credibilidade junto às instituições e tenha capacidade tomar novos financiamentos”, afirma o prefeito Nelson Marchezan Júnior. Em reunião com a secretária municipal de Planejamento e Gestão, Juliana Castro, representantes da Caixa confirmaram que o Município atende aos requisitos para contratar um novo financiamento, conforme a análise inicial, e já apresentaram proposta para a operação de crédito. O projeto pedindo a autorização para os recursos deve ser enviado à Câmara de Vereadores nos próximos dias.

Os recursos serão usados para obras em trechos de vias como as avenidas Nilo Peçanha, Cavalhada e Campos Velho, além da Estrada Edgar Pires de Castro, Costa Gama e ruas como Armando Barbedo, Pedro Boticário e Santo Antônio. “Estamos avançando para melhorar a infraestrutura viária e entregar serviços mais eficientes aos cidadãos”, afirma Juliana.

Leia:
Mercado Livre terá centro de distribuição na região metropolitana

“A proposta da Caixa é muito bem recebida. Caso os recursos sejam confirmados após a tramitação legal do processo, servirão para requalificação viária estrutural e funcional na cidade. Com a confirmação dos recursos, a expectativa é iniciar os contratos ainda em 2019”, diz o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade, Marcelo Gazen.

Estudo – Nesta gestão, a Divisão Geral de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) realizou um estudo que mostra que mais de 200 quilômetros de vias necessitam de intervenções mais profundas. Destes 200, cerca de 76 quilômetros devem receber recuperação estrutural, ou seja, uma reformulação desde a base, e outros 120 quilômetros de recuperação funcional, ou seja, recapeamento.

Leia:
Smams chega a 3.856 animais castrados e supera total de 2018

Por falta de investimento nos últimos 20 anos, 85% da malha viária está em más condições. Nos últimos 10 anos, a média anual de aplicação de recursos no Programa de Recuperação de Pavimentos foi de R$ 10 milhões/ano. Hoje é projetado em R$ 60 milhões por ano, devido ao desgaste. (PMPA)

loading...
Patrocínio