Prefeitura apresenta situação das obras de mobilidade da Capital – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Prefeitura apresenta situação das obras de mobilidade da Capital

Relatório mostra atualização financeira e física, entraves e soluções para a execução

Publicado há

em

Foto: Divulgação

Para apresentar um relato da situação física e financeira das obras de mobilidade na Capital, o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), Marcelo Gazen, e o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão (SMPG), Daniel Rigon, participaram, nessa terça-feira, 3, da reunião do GT de Obras Paralisadas da Rede de Controle de Gestão Pública. O encontro ocorreu no Tribunal de Contas do Estado. O coordenador do Escritório Geral de Obras de Mobilidade, engenheiro Maurício Batista, mostrou um relatório com o histórico e informações financeiras das obras, os entraves existentes e as soluções que a prefeitura tem buscado para a execução dos serviços.

Gazen ressalta a importância da relação com o TCE e do trabalho da Rede de Controle de Gestão Pública. “Esse tipo de trabalho é de extrema importância. Procuramos trabalhar com o máximo de transparência tanto em relação ao TCE quanto aos demais órgãos para consolidar ideias e alinhar entendimentos na busca por maior agilidade e, consequentemente, melhores resultados”, afirma.

O foco na entrega e a busca por soluções técnicas por parte das equipes da prefeitura também são destacados pelo adjunto da SMPG, Daniel Rigon. “Implementamos um modelo de gestão transparente e cuidadoso com o dinheiro público. Exemplo disso é o trabalho realizado pelo Escritório Geral de Obras de Mobilidade, que faz o gerenciamento dos projetos e dos contratos, com um padrão técnico de governança, buscando o cumprimento do cronograma e a transparência nos processos”, ressalta.

A reunião contou com representantes da Controladoria Geral da União (CGU), do Ministério Público de Contas-RS, do Observatório Social do Brasil, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) e do Tribunal de Contas da União (TCU), membros da Rede de Controle de Gestão Pública.

Rede de Controle de Gestão Pública – É composta por várias organizações. A rede tem como objetivo o desenvolvimento de ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico e ao combate à corrupção, ao incentivo e ao fortalecimento do controle social, ao compartilhamento de informações e documentos, ao intercâmbio de experiências e à capacitação dos seus quadros. (PMPA)

loading...
Patrocínio

Desenvolvido por: