Precisando fazer 2a via de documentos? Veja estas dicas. – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Variedades

Precisando fazer 2a via de documentos? Veja estas dicas.

CNH, CRLV, Antecedentes, Carteira de trabalho, CPF e Título de eleitor

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 201
    Shares

Confira as dicas do Porto Alegre 24 horas de como fazer diversos documentos em Porto Alegre:

2ª via da CNH

O que é?

Quem perdeu, extraviou, ou teve furtado ou roubado seu documento de habilitação, pode obter um documento nas mesmas condições daquele que possuía. Em caso de solicitação de 2ª via do documento por roubo, poderá ser solicitada a isenção de taxa, mediante a apresentação de Boletim de Ocorrência, o qual deverá ser registrado em órgão policial, constando no documento a descrição de “roubo”, bem como a relação de documentos roubados, dentre os quais, obrigatoriamente, a CNH.
Forma de Solicitação

Compareça a um CFC (Centro de Formação de Condutores) do seu município de residência ou domicílio;
Apresente a documentação necessária;
Obtenha a guia GAD-E para pagamento da taxa referente à expedição do documento de habilitação;
Efetue o pagamento da taxa de emissão do documento em qualquer dos bancos conveniados;
Aguarde a chegada do novo documento para retirada no CFC.

Documentos Necessários

Boletim de Ocorrência informando roubo, perda ou extravio da habilitação;
Documento de identificação do condutor e cópia;
Cópia do CPF ou comprovante de inscrição no CPF, emitido através do site da Receita Federal (caso não conste no documento de identificação apresentado);
Comprovante de residência (conta de água, luz, gás, telefone referente ao último mês ou contrato de locação ou recibo de entrega do IR referente ao último exercício) e cópia ou declaração de residência assinada no CFC.

Prazo

O documento de habilitação leva cerca de cinco dias úteis para ficar disponível para retirada no CFC (Centro de Formação de Condutores).

Quanto custa?

Taxa de expedição de 2ª via do documento de habilitação: R$ 55,42.

Onde pagar?

A GAD-E é paga através dos bancos conveniados: Banco do Brasil (somente para correntistas), Banrisul, Caixa Econômica Federal, Santander, Sicredi ou Bradesco.

Onde Fazer?

A solicitação da 2ª via da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) deve ser feita em um CFC (Centro de Formação de Condutores) do município de residência ou domicílio do condutor.

2ª via do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo)

O que é?

Emissão de 2ª via do documento de porte obrigatório de veículos licenciados no exercício atual. Em caso de solicitação de 2ª via do documento por roubo, poderá ser solicitada a isenção de taxa, mediante a apresentação de Boletim de Ocorrência.

Forma de Solicitação

Obtenha a guia de pagamento (GAD-E) referente a este serviço diretamente no CRVA ou no site do DetranRS;
Efetue o pagamento da taxa em um dos bancos conveniados ou solicite a isenção de taxa em um CRVA (Centro de Registro de Veículos Automotores);
Compareça a um CRVA (Centro de Registro de Veículos Automotores) do município de emplacamento do veículo e apresente os documentos necessários;
Aguarde a entrega do documento pelo correio.

Documentos Necessários

Requerimento de solicitação de 2ª via de CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) assinado pelo proprietário do veículo;
Boletim de Ocorrência original nos casos de furto, roubo, extravio ou perda;
Documento de identidade do proprietário do veículo e cópia;
CPF (caso este não conste no documento de identificação) e cópia;
Comprovante de residência (conta de água, luz, gás, telefone ou contrato de locação ou recibo de entrega do IR) e cópia.

Prazo

O prazo de entrega do documento é de cerca de cinco dias úteis, mas pode variar em épocas de demanda mais intensa.

Quanto custa?

Taxa de Expedição da 2ª Via de CRLV: R$ 108,36.

Onde pagar?

Em um dos bancos conveniados: Banco do Brasil (somente para correntistas), Banrisul, Caixa Econômica Federal, Santander, Sicredi ou Bradesco.

Onde Fazer?

Em qualquer CRVA (Centro de Registro de Veículos Automotores) do município de emplacamento do veículo.

Certidão de Antecedentes Policiais

O que é?

Documento oficial, no âmbito estadual, que se destina a fazer prova da vida pregressa do indivíduo maior de 18 anos. As informações extraídas na Certidão de Antecedentes Policiais são para uso pessoal e exclusivo, podendo acarretar responsabilidade civil ou criminal pelo mau uso ou pela utilização de terceiros.

Observações:

– Essa consulta é válida somente para pessoas com RG no Rio Grande do Sul.
– Nome completo, de acordo com o nome constante no documento de Carteira de Identidade

Onde Fazer?

O serviço é online, basta clicar em “Emitir” e informar seus dados.

Carteira de Trabalho

O que é?

A Carteira de trabalho e Previdência Social (CTPS) é o documento obrigatório para o exercício do emprego formal, urbano ou rural, temporário ou permanente.

No documento, são registrados os salários e todas as informações necessárias para reconhecimento dos direitos trabalhistas perante a Justiça do Trabalho, além dos direitos previdenciários.

Pré-Requisitos

O interessado em solicitar a Carteira de Trabalho e Previdência Social deve atender às seguintes condições:

Ser brasileiro nato, naturalizado, ou nascido no exterior (estrangeiros devem se dirigir à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego – SRTE para solicitar a CTPS)
Ter idade mínima de 14 anos (não é necessário o acompanhamento de um responsável para menores de 18 anos)
Apresentar os documentos em perfeito estado de conservação em vias originais ou cópia autenticada. Não serão aceitos cópias simples ou documentos com erro, violados, rasurados, rasgados ou que impossibilite reconhecimento do interessado. Segue a lista de documentos necessários para a emissão da CTPS, conforme o caso:

Forma de Solicitação

Atendimento presencial ou por agendamento.

Documentos Necessários

Para solicitar a 1ª via da CTPS, o requerente deve ter 14 anos completos no momento da solicitação.

1ª VIA

1 – Carteira de Identidade ou Certificado de Reservista ou Certificado de Dispensa de Incorporação,
desde que conste data de expedição e FOTO ou Carteira de Registro Profissional.
* O documento deve ser original e estar em bom estado.
OBS: CNH não é aceita.
2 – Certidão de Nascimento, para solteiros, ou Certidão de Casamento, com averbações, se tiver.
*O documento deve ser original e estar em bom estado.
3 – CPF
4 – Comprovante de residência com CEP da rua.
*Em adicional, Título de Eleitor e CNH podem ser incluídos desde que sejam apresentados os documentos originais.
*Os dados cadastrais de CPF devem estar corretos e atualizados conforme Identidade e Certidão.

2ª VIA (continuação / inutilização)

1 – Carteira de Identidade ou Certificado de Reservista ou Certificado de Dispensa de Incorporação,
desde que conste data de expedição e FOTO ou Carteira de Registro Profissional.
*O documento deve ser original e estar em bom estado.
OBS: CNH não é aceita.
2 – Certidão de Nascimento, para solteiros, ou Certidão de Casamento, com averbações, se tiver.
*O documento deve ser original e estar em bom estado.
3 – CPF.
4 – Comprovante de residência com CEP da rua.
5 – CTPS anterior.
*Em adicional, Título de Eleitor e CNH podem ser incluídos, desde que sejam apresentados os documentos originais.
*Os dados cadastrais de PIS e CPF devem estar corretos e atualizados conforme Identidade e Certidão.

2ª VIA (perda / roubo / extravio)

1 – Carteira de Identidade ou Certificado de Reservista ou Certificado de Dispensa de Incorporação,
desde que conste data de expedição e FOTO ou Carteira de Registro Profissional.
*O documento deve ser original e estar em bom estado.
OBS: CNH não é aceita.
2 – Certidão de Nascimento, para solteiros, ou Certidão de Casamento, com averbações, se tiver.
*O documento deve ser original e estar em bom estado.
3 – CPF.
4 – Comprovante de residência com CEP da rua.
5 – Boletim de Ocorrência da Polícia Civil.
6 – Documento com número e série da CTPS anterior.
(Você deve apresentar UM dos documentos abaixo*)

*(Exemplo: Cópia da CTPS, Termo de Rescisão, Contrato de trabalho, Ficha de Registro de Empregado ou declaração do empregador, Extrato Completo do FGTS, Extrato do PIS, Extrato INSS, Requerimento do Seguro Desemprego, etc.)

*Se o interessado nunca teve sua CTPS assinada, o nº e série poderão ser fornecidos pelo Ministério do Trabalho (Av. Mauá, 1013 – Porto Alegre/RS), mediante apresentação do Extrato do INSS e do Extrato do FGTS (ou comprovante do PIS).

**Em adicional, Título de Eleitor e CNH podem ser incluídos desde que sejam apresentados os documentos originais.
**Os dados cadastrais de PIS e CPF devem estar corretos e atualizados conforme Identidade e Certidão.

Prazo

15 dias úteis

Quanto custa?

Gratuito

Onde Fazer?

ATENÇÃO: No período de férias escolares, sugerimos o agendamento eletrônico do seu atendimento. Desta forma, você pode escolher o dia, horário que deseja ser atendido, evitando a retirada de senhas e a espera em filas.

Na Capital:

TudoFacil Centro: Av. Borges de Medeiros, 521,
TudoFacil Zona Sul: Av. Wenceslau Escobar, 2666 e
Agência FGTAS/SINE Zona Norte (Centro Vida): Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2132.

No interior, procure uma agência FGTAS/SINE.

Locais de atendimento

TudoFácil Centro
Avenida Borges de Medeiros, 521, Bairro Centro,
De segunda à sexta-feira das 8h às 18h. Após 17h30min, somente retirada de documentos mediante protocolo.

TudoFácil Zona Sul
Avenida Wenceslau Escobar, 2.666, Bairro Tristeza,
De segunda à sexta-feira das 8h às 18h. Após 17h30min, somente retirada de documentos mediante protocolo.

Título de Eleitor

O que é?

Agende o requerimento de alistamento eleitoral, transferência de domicílio ou revisão de dados cadastrais. A inscrição eleitoral habilita o cidadão a participar da vida política de sua comunidade. O Título é exigido em várias ocasiões. Veja alguns exemplos: pelo empregador no momento de sua contratação; após cada eleição, para comprovar a quitação eleitoral; para tirar ou renovar o passaporte; para tirar CPF e recadastramento de contribuintes isentos (pela internet); para matrícula em colégios e faculdades; para inscrição em concurso público e, ocorrendo aprovação no mesmo, para posse no cargo, entre outros.

Pré-Requisitos

Ser brasileiro nato ou naturalizado, alfabetizado, com idade entre 18 e 70 anos.

Para quem o alistamento eleitoral e o voto são facultativos: brasileiros analfabetos, para aqueles com idade entre 16 e 18 anos ou maiores de 70 anos.

Forma de Solicitação

O título deverá ser solicitado pessoalmente no cartório eleitoral do município onde o cidadão reside ou trabalha, sendo a solicitação facilitada pelo agendamento.

Documentos Necessários

Primeira Via do Título:

Carteira de identidade (RG) ou carteira profissional (emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional. Ex. OAB, CREA) ou carteira de trabalho ou certidão de nascimento/casamento.
Não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação (carteira de motorista), por não conter a naturalidade, bem como o Passaporte, cujo modelo não contenha dados relativos à filiação).
Certificado de quitação do serviço militar obrigatório ou de prestação do serviço alternativo (ex.: protocolo de apresentação, dispensa, terceira, dentre outros). A apresentação deste documento é obrigatória para maiores de 18 anos do sexo masculino;
Comprovação de domicílio eleitoral emitido nos últimos três meses.

Segunda Via do Título:

Carteira de identidade (RG) ou carteira profissional (emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional. Ex. OAB, CREA) ou carteira de trabalho ou certidão de nascimento/casamento.
Não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação (carteira de motorista), por não conter a naturalidade, bem como o Passaporte, cujo modelo não contenha dados relativos à filiação).

Onde Fazer?

O serviço é online, basta clicar em “Agendar” e escolher local, dia e horário do seu atendimento.

CPF – Alteração de dados cadastrais

O que é?

O contribuinte deve solicitar a alteração de dados cadastrais para manter suas informações atualizadas no cadastro CPF. Os motivos mais frequentes são: mudança de endereço, mudança de nome (por motivo de casamento, divórcio, etc), inclusão de título de eleitor (ex: pessoas que não eram obrigadas a possuir o documento na época da inscrição), corrigir dado cadastrado incorretamente na inscrição (Obs: até 90 dias após a inscrição o a correção é gratuita. Basta retornar dentro do prazo a entidade na qual solicitou a inscrição e solicitar a correção).
Documentos Necessários

Maiores de 16 anos:

Documentos que comprovem a alteração solicitada (não é necessário apresentar comprovante para alteração de endereço);
Documento de identificação do interessado que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade);
Número de inscrição no CPF;

Para brasileiros com idade dos 18 aos 69 anos: título de eleitor, protocolo de inscrição ou qualquer outro documento que comprove o alistamento eleitoral ou documento da Justiça Eleitoral atestando a inexistência da obrigatoriedade do alistamento eleitoral ou outro documento que comprove a não-obrigatoriedade de alistamento eleitoral.

Menores de 16 anos, tutelados, curatelados e outras pessoas sujeitas à guarda judicial:

Documentos que comprovem a alteração a ser realizada (não é necessário apresentar comprovante para alteração de endereço);
Documento de identificação do menor, tutelado, curatelado ou de outra pessoa física sujeita à guarda judicial (ex: carteira de identidade, certidão de nascimento);
Documento de identificação de um dos pais, tutor, curador ou responsável pela guarda em virtude de decisão judicial;
Documento que comprove a tutela, curatela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, de incapaz ou interdito;
Número de inscrição no CPF.

Quanto custa?

Gratuito

Onde Fazer?

O serviço é online, basta clicar em “Alterar” e informar seus dados.

Com informações tudofácil

Carteira de Identidade

O que é?

A identificação civil dos brasileiros é realizada por meio da emissão de documento conhecido como Carteira de Identidade. Ele tem o objetivo de identificar a população garantindo-lhe sua individualidade nos diversos atos da vida em sociedade.
Forma de Solicitação

O cidadão deverá se dirigir a qualquer das Unidade do TudoFácil ou a qualquer Posto de Identificação do Instituto Geral de Perícias/Departamento de Identificação (IGP/DI).

Documentos Necessários

Lei Vigente: Lei 7116 de 29 de agosto de 1983.

Os documentos necessários são os mesmos para primeira ou segunda via da carteira de identidade.

Solteiros – Certidão de Nascimento original e legível ou cópia autenticada por tabelionato (autenticação deve ser original);
Casados/Viúvos – apresentar Certidão de Casamento original e legível ou cópia autenticada por tabelionato (autenticação deve ser original);
Separados Judicialmente ou Divorciados – apresentar Certidão de Casamento com a respectiva averbação original e legível ou cópia autenticada por tabelionato (autenticação deve ser original).
Naturalizados: certificado de naturalização, com portaria atualizada, original ou cópia autenticada.
Filho de pai ou mãe brasileiros nascidos no exterior: Certidão de nascimento original transladada no Cartório da 1ª Zona de Porto Alegre (Rua Comendador Coruja nº 243)
Brasileiros casados no exterior: Certidão de casamento original transladada no Cartório da 1ª Zona de Porto Alegre (Rua Comendador Coruja nº 243)
Menores de 16 anos: Além de apresentar a Certidão de Nascimento original, devem estar acompanhados de uma das seguintes pessoas: mãe, pai, avô(ó), guardião(ã), tutor(a), curador(a), e estes deverão portar a sua Carteira de Identidade.

Não é necessário trazer fotos.

Importante: documento apresentado deve ser original ou cópia autenticada por tabelionato, legível, em bom estado de conservação e não pode conter rasuras ou estar plastificado.

Acréscimos opcionais: Se desejar incluir o número do CPF e PIS na carteira de identidade é obrigatório a apresentação dos documentos originais.

A partir de 1º de março, a Carteira de Identidade trará diversas mudanças e abrangerá uma série de novas informações. A pessoa que solicitar o novo modelo poderá requerer a inclusão de dados como nome social, número do PIS/PASEP, do CPF, da Carteira de Trabalho e Previdência Social, da Carteira Nacional de Habilitação, do Certificado Militar, do Título de Eleitor, do documento de identidade profissional e o Cartão Nacional de Saúde.

O documento poderá contar, também, com informações sobre tipo sanguíneo, fator Rh e condições específicas de saúde que auxiliem no pronto atendimento em caso de emergências. Todas as informações poderão ser acessadas eletronicamente, através de um QR Code impresso na parte interna.

Prazo

Consultar no Posto de Identificação onde será encaminhado o documento.

Quanto custa?

Valores vigentes a partir de 1º/02/2019
1ª via: Gratuita
2ª via: R$ 68,43 – Isentos: maiores de 65 anos ou vítimas de roubo (obrigatória a apresentação do Boletim de Ocorrência).
2ª via (modalidade expressa): R$ 88,95.

Onde pagar?

O cidadão recebe, ao final do processo de confecção da Carteira de Identidade, a Guia de Arrecadação (GA) para realizar o pagamento da taxa em qualquer agência do Banrisul, em dinheiro.

Onde Fazer?

ATENÇÃO: No período de férias escolares, sugerimos o agendamento eletrônico do seu atendimento. Desta forma, você pode escolher o dia, horário que deseja ser atendido, evitando a retirada de senhas e a espera em filas.
Na Capital:
Posto de Identificação Azenha (av. Azenha, 255),
TudoFacil Centro (Av. Borges de Medeiros, 521),
TudoFacil Zona Sul (av. Wenceslau Escobar, 2666) e
TudoFacil Zona Norte (atendimento exclusivo por agendamento).

No Interior, vá até um dos Postos de Identificação do Instituto-Geral de Perícias
http://igp.rs.gov.br/departamento-de-pericias-do-interior

Locais de atendimento

TudoFácil Centro
Avenida Borges de Medeiros, 521, Bairro Centro,
De segunda à sexta-feira das 8h às 18h. Após 17h30min, somente retirada de documentos mediante protocolo.

TudoFácil Zona Norte
Rua Domingos Rubbo, 51, Bairro Cristo Redentor,
De segunda à sexta-feira das 8h às 18h. Após 17h30min, somente retirada de documentos mediante protocolo.

TudoFácil Zona Sul
Avenida Wenceslau Escobar, 2.666, Bairro Tristeza,
De segunda à sexta-feira das 8h às 18h. Após 17h30min, somente retirada de documentos mediante protocolo.


Compartilhe 📣
  • 201
    Shares
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio
<-- START FOOTER ADS -->