Polícia Civil solicita imagens de câmeras de segurança da região onde mulher foi estuprada em Porto Alegre

Polícia

Polícia Civil solicita imagens de câmeras de segurança da região onde mulher foi estuprada em Porto Alegre

A EPTC não confirma se existem câmeras no local
Foto: Reprodução

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) recebeu da Polícia Civil uma solicitação de requerimento das imagens das câmeras de monitoramento da Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, da madrugada da segunda-feira (27), quando um homem estuprou uma mulher que estava desacordada dentro de um veículo que estava atravessado na via.

A delegada afirma que as imagens são importantes na resolução deste caso e poderão auxiliar a descobrir o horário em que o estupro foi cometido e o tempo em que a vítima chegou no local.

O próprio suspeito do crime acionou a Brigada Militar e a investigação quer saber quanto tempo se passou entre a ligação do criminoso para a corporação e o momento do estupro. O que facilitou o reconhecimento do suspeito, foi que ele deu o próprio nome durante o contato com os policiais.

Os policiais da Brigada Militar também foram chamados para prestar depoimento na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), afim de contribuir com a elucidação do caso e de novas provas contra o estuprador.
[in_article]
Um outro homem é procurado pela Polícia, já que aparece no banco de trás do veículo das vítimas, subtraindo objetos pessoais dos mesmos. O carro foi submetido a perícia para buscar materiais genéticos dos suspeitos.

A prova do crime também foi enviada ao Instituto-Geral de Perícias para posteriormente poder confrontar as vozes com a dos identificados no vídeo. O criminoso já foi identificado, mas ainda não teve o nome divulgado pela Polícia, é considerado foragido pela polícia.

Patrocínio
Patrocínio

Desenvolvido por: