Polícia Civil liberta mulher mantida em cativeiro e um dos suspeitos do crime morre baleado – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Polícia

Polícia Civil liberta mulher mantida em cativeiro e um dos suspeitos do crime morre baleado

Um dos suspeitos do crime foi baleado e outro preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (14).

Publicado há

em

Polícia Civil / Divulgação

Uma mulher foi libertada do cativeiro onde era mantida, em Taquara, cidade que fica a 70km da Capital. A libertação ocorreu na noite desta terça-feira (13) com ajuda da Polícia Civil. Um dos suspeitos do crime foi baleado e outro preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (14).
A  vítima estava em cárcere privado desde a segunda-feira (12) pela manhã e os sequestradores pediam o valor de R$ 100 para os familiares para liberar a mulher.

Na tarde de terça-feira, um suspeito foi localizado e preso, no bairro Empresa, em Taquara. Por volta das 20h, os policiais conseguiram localizar o cativeiro, na localidade de Santa Cruz da Concórdia, a cerca de 20 quilômetros do Centro da cidade.

Com a chegada dos policiais, os criminosos entraram em tiroteio com os policias, onde um dos sequestradores foi baleado e acabou morrendo no local, o segundo sequestrador foi preso em flagrante. Já haviam mandados de prisão para os dois.

“Nenhum outro detalhe sobre a vítima e seus familiares será divulgada pela Polícia Civil, resumindo-se a dar conta, apenas, que ela passa bem, apesar do visível abalo psicológico”, informou o delegado João Paulo de Abreu.

No cativeiro, que vai passar por perícia, a polícia encontrou uma arma, um carregador de cartuchos e outros objetos que não foram divulgados, mas que devem auxiliar na investigação.

Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio