Número de cães e gatos adotados chega a 111 em nove meses
Connect with us

Notícias

Número de cães e gatos adotados chega a 111 em nove meses

Adoções asseguram novos lares para animais resgatados de maus tratos

Publicado há

em

Foto: Ari Teixeira | Smams

O Programa Me Adota? assegurou, de janeiro a setembro, 111 adoções (82 cães e 29 gatos) no abrigo temporário da Diretoria-Geral de Direitos Animais (DGDA). A médica veterinária Juliana Herpich explica que a constante atualização dos álbuns nas redes sociais, via Facebook e Instagram, tem mobilizado as pessoas para buscar animais resgatados de maus tratos e sem raça definida. “Quando nos procuram, repetimos que é importante que estejam cientes dessa decisão, que é levar para casa um ser vivo, que exige cuidados e carinho”, alerta.

Herpich lembra a mensagem recebida recentemente de uma adotante, Débora Schein, que hoje vive em Oslo, na Noruega e que, poucos dias antes de viajar, simpatizou com um cãozinho vitima de atropelamento, que perdera uma perna e a visão de um olho. “Alertamos que ele precisaria de muitos cuidados, e ela garantiu que tinha estrutura para manter o animal”, conta a veterinária.

Notícia Relacionada:
Acampamento Farroupilha: Smams sensibiliza 345 piquetes

“Quando eu e meu marido vimos a foto no álbum do Me Adota?, percebemos que não tinha outra opção. Seria ele o escolhido”, garante Débora. “Agradecemos do fundo do coração por existir esse trabalho e ao que fazem pelos animais. Se não fosse assim, não teríamos o Rick Allen – este é o nome dele agora, em nossas vidas.”

O cãozinho também se adaptou ao frio de Oslo, gosta de passear, rolar na neve. Anda de ônibus e metrô. “Ele tem sequelas, mas está saudável. As falhas de pelo sumiram, ele respira melhor e come alimentação natural que eu cozinho”, explica Débora.

Atendimento – Os animais albergados, antes de serem liberados para adoção, são vacinados, desverminados, castrados e microchipados. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) ainda assegura atendimento gratuito vitalício. A médica veterinária Juliana Herpch enfatiza que casos como este, de adoção de animais mesmo com severas deficiências, são exemplos contra o preconceito e de guarda responsável a serem seguidos.

Notícia Relacionada:
Evento doa castração de animais a protetores cadastrados na Smams

A equipe da Unidade de Saúde Animal Victória (Usav) também pode auxiliar sugerindo os animais que melhor se adaptam ao perfil dos candidatos à adoção. Animais bravios, por exemplo, devem ser encaminhados para residências sem outros animais. Já quem busca por cães tranquilos pode optar pelos adultos e idosos, que são sempre mais calmos.

Onde adotar – A Usav fica na Estrada Bérico José Bernardes, 3489, e atende das 9h às 12h e das 13h30 às 17h, de segunda a sexta-feira. O futuro tutor deve apresentar documento de identidade e comprovante de endereço. A Smams disponibiliza um álbum com fotos e dados dos animais disponíveis, na página dos Direitos Animais no Facebook. (PMPA)

loading...
Patrocínio