Netflix aumenta preço de assinatura no Brasil; veja os valores – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Cultura

Netflix aumenta preço de assinatura no Brasil; veja os valores

O plano básico passará de R$ 19,90 mensais ao valor de R$ 21,90; os preços das assinaturas subirão de 10% a 21%

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 460
    Shares

Créditos da foto da notícia: Freepik.

A Netflix confirmou ao Estado nesta quinta-feira, 14, que aumentará o preço da assinatura da plataforma de streaming de vídeo no Brasil. Segundo a empresa, o preço terá um aumento de 10% a 21%: o plano básico passará de R$ 19,90 mensais ao valor de R$ 21,90.

Atualmente, a Netflix oferece três planos no Brasil, sendo um deles individual; outro em que duas telas diferentes podem usar a mesma conta e um terceiro que oferece quatro telas e resolução 4K (Ultra HD). A assinatura de duas telas, que custava R$ 27,90, passará a custar R$ 32,90, enquanto o preço do plano de quatro telas subirá de R$ 37,90 para R$ 45,90.

“Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil”, disse a Netflix, em posicionamento à imprensa. A última vez que o preço da assinatura da Netflix aumentou no Brasil foi em 2017. Houve ajuste de valores também em 2013 e 2015.

Em janeiro deste ano, a empresa anunciou aumento de preços no exterior – o Brasil havia ficado de fora desta lista. Alguns países como os Estados Unidos sofreram reajuste de 13% a 18% no valor das assinaturas – o plano básico antes de US$ 8 passou ser US$ 9 por mês no país. À época, a Netflix afirmou que o aumento dos preços foi uma forma encontrada para financiar a produção de seus conteúdos próprios.

Também em janeiro a empresa apresentou o resultado de seu balanço trimestral: a Netflix aumentou sua base de assinantes em quase 9 milhões de usuários nos últimos meses de 2018, e chegou a um total de 139 milhões de assinaturas. A plataforma de streaming também teve um crescimento de receita de 27% no período de um ano.

Fonte: Metrópoles


Compartilhe 📣
  • 460
    Shares
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio