Morre brigadiano ferido em confronto com assaltantes de agência bancária no RS – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Polícia

Morre brigadiano ferido em confronto com assaltantes de agência bancária no RS

Os indivíduos dispararam contra a população com metralhadoras, fuzis, espingardas, pistolas e utilizaram uma marreta para quebrar a porta da agência.

Publicado há

em

No início da tarde desta quarta-feira (24), cinco criminosos realizaram um assalto a mão armada em uma agência do Banco do Brasil, em Porto Xavier. Os moradores relataram que eles estavam todos encapuzados e com armamentos pesados. Os indivíduos dispararam contra a população com metralhadoras, fuzis, espingardas, pistolas e utilizaram uma marreta para quebrar a porta da agência.

Em frente ao local, milhares de balas das armas ficaram espalhadas e caídas pelas ruas. Além disso, moradores e vítimas estão no local prestando depoimentos. Quatro bancários foram levados como reféns, até a saída da cidade, onde foram abandonados. Uma das vítimas depôs relatando que os carros utilizados no crime eram um Sandero e um Pálio, sendo que, após liberarem os quatro, todos os criminosos entraram no Sandero de cor bordô, e seguiram viagem.

Leia:
Bandido morre em troca de tiros na Zona Norte de Porto Alegre

[in_article]

O mesmo homem relatou que os indivíduos tinham sotaque catarinense, que ele reconheceu por já ter morado em Santa Catarina. Ele também disse que os bandidos aparentavam não ter experiência, por, um deles, quase ter atingido o próprio carro com um tiro.

Por volta das 3h40, os indivíduos tentaram sair da mata em que estavam escondidos e houve confronto com os policiais. Um disparo atravessou o colete do soldado Fabiano Heck Lunkes, que não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. A orientação da Brigada Militar é de que os moradores das redondezas da Linha 1° de Março, onde os criminosos se esconderam, não se exponham desnecessariamente.

Leia:
Policial abandona férias para participar de cerco a quadrilha no interior do RS: ‘Quem está aqui ama o que faz’

Leia a nota do Governador:

“O Governo do Estado, por meio do governador Eduardo Leite e do vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, lamenta a morte em serviço do policial militar Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, ocorrida nesta madrugada.

O soldado da Brigada Militar foi atingido em confronto durante perseguição a criminosos, após ataque a banco ocorrido em Porto Xavier, no noroeste gaúcho. Fabiano Heck Lunkes completaria dez anos de serviços prestados à instituição em 2019 e atuava no 7º Regimento de Polícia Montada, em Cerro Largo.

O Governo do Estado solidariza-se com os familiares e amigos e com a corporação, que bravamente atua em defesa da sociedade gaúcha, e presta sua homenagem ao soldado pela coragem e dedicação ao longo da sua trajetória na BM. O Estado prestará assistência à família.

As forças de segurança não medirão esforços para capturar e prender os responsáveis pelo roubo e pela morte do PM.”

(O Sul)

loading...
Patrocínio