Médico brasileiro vai aos EUA para dar segunda opinião sobre estado de saúde de Gugu

Notícias

Médico brasileiro vai aos EUA para dar segunda opinião sobre estado de saúde de Gugu

O neurologista embarcou para Orlando assim que aconteceu o acidente; família quer segunda opinião antes do boletim médico
Reprodução / Instagram

Gugu Liberato será atendido por um neurologista brasileiro nesta sexta-feira (22). A família quer ouvir mais uma opinião sobre o estado de saúde do apresentador antes de liberar o boletim médico. A ideia é que a informação oficial sobre a saúde do artista seja disponibilizada a qualquer momento.

O apresentador está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no hospital Orlando Health, nos Estados Unidos, e, no local, os médicos estão sendo reservados sobre o tema. O profissional sofreu um acidente doméstico ao cair de uma altura de 4 metros e bater a cabeça em um móvel na última quarta-feira (20). O motivo da queda ainda não foi confirmada e especula-se que ele estava consertando o ar-condicionado ou pendurando enfeites de natal.

Entenda motivo de boletim médico ainda não ter sido liberado!
O boletim médico oficial deve ser liberado ainda nesta sexta-feira (22), porém ainda é incerto se será disponibilizado ao público. Isto porque, nos Estados Unidos, é proibido liberar o boletim médico para a imprensa.

Os médicos irão confidenciar o laudo para a família que, logo depois, deverá decidir quando divulgar. Ao mesmo tempo, o estado de Gugu é delicado. Por se tratar de um trauma craniano, deve-se ouvir a opinião de 3 médicos e esperar 48 horas desde o momento do acidente para avaliar como o quadro progrediu.

‘Alegria que não existia ao sair do hospital’, afirma amigo
Os famosos e fãs do apresentador se uniram nas redes sociais em uma corrente de orações e torcida para a rápida recuperação do artista. Entre eles, o cantor Kiko, integrante da banda KLB, teve a oportunidade de visitar o amigo no hospital em Orlando.

Em seu Instagram, o intérprete fez uma declaração emocionada sobre a importância do amigo. “Meu primeiro palco, meu primeiro dia e assim o KLB chegou. Depois disso, nossos encontros eram sempre como essa foto… Quanta alegria! Alegria essa que não existia hoje ao sair daquele hospital, lugar que não combina com você, com seu entusiasmo e com sua felicidade! Hoje foi muito difícil. Alguns abraços apertados mas doloridos! Rose, Aparecida e João, meu carinho eterno a vocês”, garantiu.

(Terra)

Patrocínio
Patrocínio

Desenvolvido por: