Mãe ganha foto 3D para sentir imagem da filha e emociona internet – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Variedades

Mãe ganha foto 3D para sentir imagem da filha e emociona internet

Publicado há

em

Compartilhe 📣

Há cinco anos, Carla Andressa Framthi se viu dividida diante de uma questão que transformaria sua vida. Grávida durante tratamento de diabetes, precisou escolher entre dar à luz à filha, ainda que perdesse a visão, ou não ter a criança. Cega, ganhou recentemente um emocionante presente de uma ONG de Piracicaba, onde vive no interior paulista, que imprimiu uma fotografia 3D com a filha,Vitória, que nunca viu.

Em matéria divulgada pelo portal G1, Carla é surpreendida ao chegar à ONG onde estuda braile. Ao receber o presente da professora, ela reconhece os traços que sentia nos dedos, após ser informada que a imagem se tratava de uma foto escolhida no Facebook.  Quando chora de emoção. “Quando eu passei a mão pra ‘ver’ a foto e eu senti o rostinho dela, eu me emocionei muito. Foi a primeira vez que eu passei a mão nela e também em mim, então eu fiquei muito emocionada”, conta.

O presente foi idealizado pela ONG em parceria com uma empresa da região, especializada em imagens em alto relevo. Para Carla, foi a chance de imaginar cada detalhe da foto como se conseguisse vê-lo. Contente com a surpresa, ela lembra do momento: “Eu falei: eu estou vendo você na foto. E ela falou: nossa mãe, que bonito né, que diferente, eu e você. Ela disse: nossa mãe, você está com a bengala na mão, olha que legal”, lembra Carla.

Atendida pela ONG há pouco mais de dois anos, ela comemorou a surpresa. “Que presente do Dia das Mães! Foi muito bom pra mim, porque eu sou a única da ONG que perdeu a visão e não viu o filho”, explica.

A escolha de Carla 

Carla tinha 25 anos quando vivia o sonho de ter um filho ao lado do marido. O sonho concretizou-se, porém, durante tratamento de diabete, doença com a qual lida desde os seis anos de idade – que ela reconhece não ter tratado com muito rigor até surgirem os primeiros problemas de visão.  Só acontecendo é que a gente cai na real né”, comenta ao pensar das consequências que acabou tendo que enfrentar.

Diante da notícia da gravidez foi informada que não poderia ter a criança naquele momento – para evitar a cegueira, deveria ser submetida a um tratamento a laser que afetaria o feto e comprometeria a gestação. “Você tem uma escolha a fazer: ou a gravidez ou a sua visão”, disse o médico. No próximo 29 de maio, Vitória completará cinco anos.

 Gesto de solidariedade 

Em entrevista ao G1, a professora da ONG Mariana Turrioni revelou que Carla sempre demonstrou curiosidade em saber os traços da filha Vitória. O que motivou a ideia do presente. “A Carla sempre perguntou como a filha era, os olhos, se era puxado, tamanho do olho, o cabelo, o perfil da menina. Aí quando a empresa falou da impressora, na hora surgiu essa ideia, pra trabalhar essa noção de espaço, detalhes do rosto, até coordenação motora para identificação e reconhecimento da foto. Aí como ia ser o Dia das Mães, a gente pensou de fazer a surpresa”, conta.

Foi quando a professora entrou em contato com Mateus de Souza, dono da empresa, que também é parceira da ONG na distribuição de material em 3D para alfabetização em braile.“A Mariana me enviou uma foto que pegou no Facebook da Carla e, a partir da fotografia dela com a filha, fizemos a conversão para 3D e imprimimos o modelo. Foi o primeiro que fizemos para essa finalidade, por isso, não sabíamos se funcionaria”, contou Mateus.

Em uma ação pra lá de especial para o Dia das Mães, ele comemorou o gesto que virou notícia em todo o país. “Foi muito gratificante perceber que, com tão pouco da nossa parte, podemos criar momentos mágicos. Levamos a nossa filha Lara para participar da entrega e ela ficou muito emocionada também”.

Fonte: Catracalivre


Compartilhe 📣
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio