Lomba revela que conversa com gremistas foi para dar “bom exemplo” – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Esportes

Lomba revela que conversa com gremistas foi para dar “bom exemplo”

Goleiro do Inter garantiu que os episódios do Gre-Nal fazem parte do passado e foco é na Chapecoense

Publicado a

em

Insistentemente questionado pelos repórteres presentes na coletiva realizada após o treino desta quarta-feira, no CT do Parque Gigante, Lomba colocou a sua visão dos episódios ocorridos após o Gre-Nal, no Beira-Rio, no último domingo, e também sobre a reunião em que jogadores do Inter teriam pedido para os gremistas “parar com as provocações”.

“Quem estava lá, sabe o que foi conversado. O que posso dizer é que foi uma conversa para darmos bons exemplos. Para valorizar as famílias dentro dos estádios, as crianças e ter um futebol de paz. Quem estava na conversa sabe que isso que foi tratado. Dentro de campo? Vai ter dividida forte, vai ter disputa e eu, como goleiro, se tiver que quebrar a cara para defender a nossa camisa, vou colocar ela na frente da bola. Quem estava na conversa, sabe que esse foi o tema”, afirmou Lomba rebatendo as declarações de Maicon.




Antes de terminar a longa série de perguntas sobre o ocorrido há 72 horas, o camisa 12 respondeu se espera um acirramento dos ânimos nos próximos clássicos. “O Inter só tem uma mensagem. Só um discurso. O Inter é grande. É exemplo para as crianças e para as famílias. O que acontece dentro de campo, fica dentro de campo. O Inter trabalha muito, quer chegar longe e conquistar coisas grandes esse ano. Não temos outro papo ou outro discurso. Estamos felizes, estamos, mas virou a página e temos que seguir”, desconversou.

Lomba considera as partidas contra a Chapecoense e Corinthians, ambas fora de casa, como fundamentais para o clube seguir sonhando com “algo grande”. Segundo o matemático Tristão Garcia, 76 pontos são suficientes para garantir o primeiro lugar ao final do Brasileirão. Dessa forma, nove vitórias nas últimas 14 rodadas bastariam para o Colorado levantar a taça. Porém, o foco segue o mesmo desde a primeira rodada, seguir pensando jogo em jogo.




“O futebol é lindo e apaixonante porque ele não é matemática. Cada jogo que a gente faz, surgem situações. Surpresas. Às vezes, você sai ganhando no primeiro minuto. Em outras, você toma no primeiro. Então, temos que estar com o máximo de informações e capacidade física para suportarmos ou reagir a qualquer situação. Precisamos estar altamente preparados para qualquer desafio e ter uma boa dose de confiança. O que já fizemos não é garantia de ganhar os próximos jogos. Temos que manter os pés no chão e trabalhar para seguirmos”, ressaltou o goleiro.




O Inter é líder com 49 pontos e um gol a mais que o São Paulo, vice. A Chape ocupa a 19ª colocação, penúltima, com 22 pontos, mas está a dois do Vasco, último clube fora da zona do descenso, ambos com um jogo a menos que a maioria dos concorrentes. Santos, oitavo com 31, e Atlético-PR, 14º com 27, também têm 23 jogos.

Patrocínio

Publicidade

Patrocínio
Patrocínio