Jovens que fazem selfies têm mais chance de ter piolhos. Entenda
Connect with us

Notícias

Jovens que fazem selfies têm mais chance de ter piolhos. Entenda

Pesquisa norte-americana afirma que surtos de piolho estão aumentando e que podem estar relacionados ao hábito de posar para fotos

Publicado há

em

Freepik

iolhos estão infestando os cabelos de adolescentes por um motivo inusitado: as selfies. Um estudo feito pela Oxford University Hospitals NHS Foundation Trust chegou à conclusão que jovens com hábito de usar smartphones ou tablets têm duas vezes mais chances de sofrer com a infestação destes parasitas.

Os pesquisadores acompanharam um grupo de 200 adolescentes: metade não usava aparelhos eletrônicos enquanto a outra metade tinha o costume de usar tablets e celulares.

O resultado foi que 29,5% dos participantes que não faziam uso dos dispositivos tiveram piolhos, enquanto 62,5% dos conectados foi atacado pelo inseto.

Uma explicação para o “fenômeno” seria a proximidade necessária para tirar a famosa selfie, o que facilitaria a transmissão dos piolhos.

Notícia Relacionada:
Nasa confirma: dois asteróides passarão próximos da terra na noite desta sexta-feira

Ainda de acordo com o estudo, está havendo um aumento nos níveis de infestação do bicho. Nos últimos cinco anos, o número de crianças que já tinham apresentado o problema aumentou cerca de 22 vezes. Estimativas projetadas anteriormente eram de que entre 2% e 8% das crianças já tinha sofrido com piolhos.

A pediculose, nome médico para o problema, é uma doença parasitária provocada pela infestação de piolhos e lêndeas (os ovos do inseto) no couro cabeludo. O parasita se nutre do sangue humano, vive em torno de 30 dias e sua fêmea é capaz de colocar até 300 ovos durante a vida.

Além do uso de remédios específicos, a infestação de insetos e ovos pode ser tratada com a aplicação de chás, óleos e até álcool canforado. (Metrópoles)

loading...
Patrocínio