Jogos da Copa América em Porto Alegre não terão comercialização de cervejas – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Esportes

Jogos da Copa América em Porto Alegre não terão comercialização de cervejas

Apenas a Capital gaúcha e São Paulo não terão venda de cervejas em seus estádios

Publicado há

em

Diferentemente da Copa de 2014, o torcedor que for aos estádios assistir à Copa América deste ano terá restrições para o consumo de bebidas alcoólicas. Sem uma Lei Geral que autorize dribles na legislação, a organização do torneio terá de ceder. “Vamos seguir as leis de cada estado”, afirmou Thiago Jannuzzi, que é gerente geral do Comitê Organizador Local (COL), em entrevista.

Assim, as partidas que serão disputadas em Porto Alegre e São Paulo não terão a venda de cerveja nos estádios. Em Belo Horizonte, a lei atual permite a comercialização até o intervalo dos jogos, mas tramita na Assembleia Legislativa mineira um projeto para liberar durante toda a partida. Apenas Salvador e Rio de Janeiro não têm nenhum tipo de restrição. Confira a entrevista com o executivo.

O COL fez diversas visitas técnicas e está no processo final de definição dos Campos Oficiais de Treinamento (COT) de cada cidade-sede.

O comitê tem encontrado resistência de clubes ou municípios?

Não, muito pelo contrário. A receptividade e o desejo de participar de alguma forma da Copa América tem sido grande por parte de todos.

Como será feito o uso dos estádios oficiais?

A interferência do COL nos estádios é mínima. Os estádios manterão suas atividades rotineiras e 30 dias antes da competição, em maio, o gramado do estádio entrará num período de preparação final para a competição, sendo resguardado e avaliado periodicamente até o início do torneio. Durante a competição, o comitê terá 100% de controle sobre os estádios nos dias de jogo e véspera de jogo. Nos demais dias, haverá um uso compartilhado.

Os locais de treinos serão necessariamente nas mesmas cidades dos jogos?

Os COTs serão nas cidades-sede. O primeiro deles, em São Paulo, estará funcionando a partir do dia 11 de junho. Pelo regulamento, cada seleção precisa chegar à sede com três dias de antecedência – mas vale lembrar que as seleções podem escolher qualquer local para fazer o seu período de aclimatação, antes do início da Copa América.

O COL fez diversas visitas técnicas e está no processo final de definição dos Campos Oficiais de Treinamento (COT) de cada cidade-sede.

O comitê tem encontrado resistência de clubes ou municípios?

Não, muito pelo contrário. A receptividade e o desejo de participar de alguma forma da Copa América tem sido grande por parte de todos.

Como será feito o uso dos estádios oficiais?

A interferência do COL nos estádios é mínima. Os estádios manterão suas atividades rotineiras e 30 dias antes da competição, em maio, o gramado do estádio entrará num período de preparação final para a competição, sendo resguardado e avaliado periodicamente até o início do torneio. Durante a competição, o comitê terá 100% de controle sobre os estádios nos dias de jogo e véspera de jogo. Nos demais dias, haverá um uso compartilhado.

Os locais de treinos serão necessariamente nas mesmas cidades dos jogos?

Os COTs serão nas cidades-sede. O primeiro deles, em São Paulo, estará funcionando a partir do dia 11 de junho. Pelo regulamento, cada seleção precisa chegar à sede com três dias de antecedência – mas vale lembrar que as seleções podem escolher qualquer local para fazer o seu período de aclimatação, antes do início da Copa América.

Patrocínio

Para você

Patrocínio
Patrocínio