Ipiranga ganha faixa prioritária para transporte coletivo – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Trânsito

Ipiranga ganha faixa prioritária para transporte coletivo

Publicado há

em

Créditos da foto da notícia: Foto: Luciano Lanes/PMPA.

A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), inicia, nos próximos dias, a implantação de uma faixa preferencial na avenida Ipiranga. A medida faz parte do Programa de Priorização do Transporte Coletivo, que identificou os principais gargalos do trânsito da Capital. Nesses locais foram desenvolvidos estudos para melhorar a mobilidade, sendo o primeiro a ser concluído e implementado, o da avenida Ipiranga. A redução prevista no tempo do deslocamento no trecho é de 70%.

A faixa, que tem 900 metros, fica localizada no sentido Centro – bairro, da região da avenida Elias Cirne Lima até a avenida Antônio de Carvalho. No local, que vai receber sinalização azul, será prioritária a circulação de ônibus, da 16h às 20h. O tempo médio para percorrer os 900m, sem a faixa, nos horários de intenso movimento é de 12 minutos. A expectativa é que os ônibus percorram em três minutos o mesmo trecho nesses horários, conforme diagnóstico dos engenheiros de tráfego da EPTC. Diariamente, mais de 23 mil usuários de transporte coletivo usam as seis linhas que circulam na região. “A faixa também deve reduzir em 15% (9 minutos) o tempo médio de viagem de cada linha” explica o gerente de Planejamento de Transporte da EPTC, Flávio Tumelero Júnior.




Programa de Priorização do Transporte Coletivo – As medidas de priorização do transporte coletivo contribuem para a regularidade da operação e mais agilidade nas viagens, o que contribui para a diminuição no tempo do deslocamento dos usuários. Isso atrai novos passageiros, pois melhora a qualidade do serviço. Além disso, com viagens mais rápidas, sem congestionamento, é possível economizar combustível, o que influencia na redução geral do preço da passagem. A EPTC desenvolve um trabalho de diagnóstico dos principais gargalos de transporte que devem ser solucionados para melhorar a circulação dos coletivos. Um dos trechos considerado crítico, e indicado para intervenção, foi a avenida Ipiranga, onde será implementada a faixa prioritária. Outros locais passam por estudos para execução da medida até o primeiro semestre de 2019, como a região da Rodoviária e da avenida Independência.

Leia:
Eduardo Bolsonaro sugere "novo AI-5" para conter esquerda e classe política repercute

Legislação – Segundo o Artigo 184 do Código de Transito Brasileiro (CTB), a circulação na faixa ou via de tráfego exclusivo é considerada infração gravíssima, passível de multa de R$ 293,27 e 7 pontos na CNH e previsão de recolhimento do veículo. (PMPA)

loading...
Patrocínio