Iniciada colocação de mais 4 km de faixas exclusivas para transporte público

Notícias

Iniciada colocação de mais 4 km de faixas exclusivas para transporte público

Entrega da prefeitura vai resultar em 13,4 quilômetros implantados em 2020
Foto: Cesar Lopes/PMPA

Após a entrega de cinco faixas exclusivas, em operação desde 29 de maio, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) iniciou a sinalização de novos trechos do Programa de Priorização do Transporte Coletivo. Eles vão ampliar em mais 4 mil metros o espaço preferencial para ônibus e táxis na Capital. A entrega da prefeitura vai resultar em 13,4 quilômetros de trechos implantados em 2020, que representam 85% do que levou 39 anos para ser feito em Porto Alegre.

A iniciativa integra as ações do MobiliPOA, programa de mobilidade que organiza e disciplina os diferentes modais de transporte e circulação da cidade. “É uma medida que proporciona mais rapidez e especialmente mais confiabilidade a quem usa o transporte coletivo, pois o ônibus se isola das interferências do trânsito. Com isso, mais pessoas são beneficiadas e o transporte público fica mais atrativo”, destaca o secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Tortoriello.

Na avenida Ipiranga, sentido bairro-Centro, serão demarcados 3 mil metros de faixa azul entre a rua Barão do Amazonas e avenida João Pessoa, em sequência ao trecho iniciado na avenida Antônio de Carvalho. Na região do Centro Histórico, a rua Siqueira Campos vai receber outros mil metros de faixa exclusiva, além da qualificação das travessias de pedestres e de ciclofaixa, para maior segurança das pessoas. As faixas exclusivas devem entrar em funcionamento em julho e poderão ser usadas somente por ônibus e táxis das 6h às 9h e das 16h às 20h.

Priorização – As medidas de priorização do transporte coletivo contribuem para a regularidade das operações e mais agilidade nas viagens, o que auxilia na diminuição do tempo de deslocamento dos usuários. Isso atrai novos passageiros, pois melhora a qualidade do serviço. Com viagens mais rápidas, sem congestionamento, também é possível economizar combustível. (PMPA)

Patrocínio
Patrocínio

Desenvolvido por: