Guarda Municipal usa arma de choque para conter paciente em Pronto Atendimento – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Polícia

Guarda Municipal usa arma de choque para conter paciente em Pronto Atendimento

O caso aconteceu em Canoas e o paciente estaria visivelmente alterado

Publicado há

em

Foto: Reprodução

Um homem que aguardava atendimento um posto de saúde de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre nesta quinta-feira, foi contido com uma arma de eletrochoque.

O paciente, visivelmente alterado, gritava em direção a funcionários do local. Neste momento, um dos guardas municipais resolveu acionar o dispositivo.

Em meio aos gritos do paciente, algumas pessoas questionaram a atitude dos guardas.

Após o ocorrido, o paciente teria sido atendido pelas equipes de saúde e conduzido a um hospital em uma ambulância.
[in_article]
A Secretaria de Segurança Pública de Canoas se manifestou através de nota informando que o homem estava agredindo física e verbalmente profissionais da Unidade de Pronto Atendimento. Ainda segundo a pasta, a Guarda Municipal foi acionada para dialogar com o paciente. Como ele investiu contra os agentes, teria sido necessário o uso moderado da força com armamento não letal para contê-lo.

Leia:
Proposta altera competências da Guarda Municipal

Já a prefeitura de Canoas disse lamentar o ocorrido e que está dando toda assistência para o paciente e sua família. Por outro lado, destacou que o homem é conhecido por várias situações parecidas no posto e conta com antecedentes criminais. Mesmo assim, o poder público garantiu que vai fazer uma avaliação dos procedimentos adotados na situação. (Jônatha Bittencourt | Band)

Patrocínio