Governo libera verbas para implantação de espaços pedagógicos em 142 escolas – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Educação

Governo libera verbas para implantação de espaços pedagógicos em 142 escolas

Governo anunciou liberação de recursos durante encontro realizado no auditório do Foro Central, em Porto Alegre

Publicado há

em

Foto: Lucas Nogare / Seduc

O governo do Estado, por meio das secretarias de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) e da Educação (Seduc), confirmou hoje (26), em encontro realizado no auditório do Foro Central, em Porto Alegre, a liberação de R$ 3.361 milhões para implantação de espaços pedagógicos em 142 escolas da rede pública de ensino. As verbas são relativas a votação da Consulta Popular de 2018.

Até o final deste ano, o governo concluirá os repasses às instituições de ensino. Essa medida possibilitará com que os espaços estejam melhor equipados para o próximo ano letivo. “Garantir às escolas a oportunidade de investir em equipamentos que incentivem a inovação é um grande acerto. A utilização desses recursos vai ao encontro de projetos prioritários para a educação como o programa Jovem RS Conectado no Futuro, focado na criatividade, tecnologia e empreendedorismo dentro das salas de aula”, afirmou o secretário da Educação, Faisal Karam.

Dos R$ 80 milhões estipulados na Consulta Popular de 2018, o atual governo já liberou R$ 60.176.744 (75% do valor total) para diversas áreas. O restante será pago ao longo da gestão. “As pessoas votam na Consulta Popular e querem que os projetos saiam do papel. A gestão Eduardo Leite está sendo marcada pelo respeito a essas demandas. Estamos quitando os compromissos firmados pela gestão anterior, pois não somos um governo de ruptura e, sim, de evolução”, afirmou o secretário da SGGE, Claudio Gastal.

O que é Consulta Popular

Desde 1998 o Estado do Rio Grande do Sul instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população defina diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Esse processo foi denominado Consulta Popular. Anualmente o governo fixa o valor submetido à deliberação da população. Esse valor é distribuído entre as 28 regiões do Estado, de acordo com critérios como a população e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese).

Definido o valor para cada região, o governo e os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) organizam o processo de discussão em Assembleias Públicas Regionais, Assembleias Públicas Municipais e Assembleias Regionais Ampliadas. Nos encontros, é elaborada uma cédula de votação regional, submetida aos eleitores na votação da Consulta Popular.

Clique aqui e acesse a lista de escolas que terão obras de revitalização. (RS.Gov)

Patrocínio

Desenvolvido por: