Funcionários da General Motors em Gravataí podem entrar em greve contra propostas apresentadas – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Funcionários da General Motors em Gravataí podem entrar em greve contra propostas apresentadas

Conjunto de medidas, rejeitado pela categoria, já havia sido proposto em janeiro desse ano

Publicado há

em

gm Foto: Divulgação/ General Motors

Uma assembleia dos funcionários da General Motors em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, interrompeu as atividades na linha de produção por cerca de 40 minutos nessa sexta-feira. Os trabalhadores dos turnos da manhã e da noite se reuniram para discutirem, mais uma vez, uma série de propostas enviadas pela companhia.

De acordo com a categoria, o pacote é bastante similar ao apresentado no início desse ano, quando estava prevista a diminuição do piso salarial, aumento da carga horária e a revisão do Programa de Participação de Resultados. À época, as negociações provocaram muitos protestos e sucessivas interrupções nos trabalhos da fábrica.

O diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Noeldi Leal Trindade, afirma que, dessa vez, os funcionários elaboraram uma contraproposta para ser apresentada à direção da GM. O relatório final será elaborado somente no fim do dia, já que os servidores do turno da tarde participarão de uma nova assembleia assim que chegarem ao local de trabalho.

Leia:
Governo começa a pagar nesta terça (15) a folha de setembro dos servidores

A General Motors é responsável, hoje, por mais de três mil empregos diretos e outros três mil indiretos em Gravataí. A empresa está na cidade há 22 anos, e passa por um extenso processo de remodelação em toda a América Latina. Ainda conforme Noeldi Leal Trindade, o fato das vendas estarem positivas faz com que as mudanças sejam injustificáveis: “Nós entendemos que é inaceitável que eles voltem com uma proposta que tire os direitos dos trabalhadores”.

Em fevereiro, a GM se comprometeu a cumprir um acordo coletivo assinado junto aos funcionários, mantendo o formato atual da linha de produção até março de 2020. A reportagem do Grupo Bandeirantes entrou em contato com a assessoria de imprensa da montadora, mas nenhuma resposta foi enviada à equipe até o fechamento desse material. (Aristóteles Júnior | Band)

Patrocínio