Frio aumenta procura por equipamentos de climatização em Porto Alegre
Connect with us

Economia

Frio aumenta procura por equipamentos de climatização em Porto Alegre

Cerca de 93% dos lojistas perceberam uma elevação do movimento de clientes

Publicado há

em

Foto: Reprodução

Na rua, não tem saída. É preciso se agasalhar e muito. Mas quando o assunto é dentro de casa…

“Como a minha casa é grande é muito fria, aí ja instalei o ar condicionado na sala que aí aquece todas as peças da casa. Eu tenho ar condicionado e tenho também aquecedor. Eu dentro de casa não passo frio”, relatou uma entrevistada.

Um levantamento do Sindicato dos Lojistas de Porto Alegre aponta que 93% das lojas de eletrodomésticos, materiais de construção e ferragem perceberam um movimento maior de clientes com a chegada do frio. Os equipamentos mais procurados agora no inverno são os aquecedores elétricos e a óleo. Na sequência, aparecem aparelhos de ar-condicionado, splits e secadores de roupas.

Notícia Relacionada:
Free shops de Rivera, no Uruguai, atraem turistas gaúchos pela qualidade e preço baixo dos produtos

O vice-presidente de Comunicação do Sindilojas, Paulo Penna Rey, destaca que, mesmo tendo chegado com um pouco de atraso, o frio registrado nos últimos dias foi suficiente para aquecer as vendas.

“Houve um acréscimo significativo pois a temperatura caiu muito e se manteve por alguns dias. Dentro dessa nossa pesquisa, o valor médio dos aquecedores elétricos adquiridos ficou dentro de R$ 185, os splits em torno de R$2,7 mil e as secadores em torno de R$ 600”.

Segundo a entidade, na hora da compra, de cada dez clientes, seis têm dado preferência a equipamentos que economizam mais luz. E outro comportamento bastante percebido é o reforço do bom e velho guarda-roupa. (Jônatha Bittencourt | Band)

Patrocínio