Empresa contratada dá início a revitalização de praças em Porto Alegre – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Empresa contratada dá início a revitalização de praças em Porto Alegre

Prefeitura espera alcançar todos os 667 espaços da cidade em até um ano.

Publicado há

em

Foto: Jônatha Bittencourt

O serviço de revitalização dos parques e praças de Porto Alegre em parceria com a iniciativa privada teve início nesta quinta-feira (05). O primeiro espaço alcançado é a praça Morro da Cruz, localizada na Vila São José.

Antes da chegada dos funcionários e do maquinário da empresa contratada, era possível encontrar um local dividido em duas quadras para a prática de esportes e com alguns brinquedos, como escorregador, balanços e gangorras. Equipamentos desgastados, estrutura precária e limitada, um cenário que, segundo o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, deve ser revertido dentro de duas semanas se o tempo colaborar:

“Muitas crianças acabam indo para bairros próximos para poder praticar, por exemplo, basquete. Esse espaço vai ser totalmente revitalizado. Nessa área de cima, será construído um playground completo, uma academia de ginástica. A quadra poliesportiva vai ter para futebol, vôlei, basquete. As telas serão maiores para evitar que a bola vá para a casa do vizinho. Toda a parte de acessibilidade também será aprimorada.”

O contrato firmado com a empresa Ecsam Serviços Ambientais e avaliado em R$ 24,8 milhões contempla a conservação das 667 praças de Porto Alegre. Ele prevê a conservação de passeios e pavimentos, o conserto e a instalação de novos equipamentos, e a manutenção de quadras esportivas.

O pagamento é feito por produtividade. Equipes e veículos são rastreados por GPS, possibilitando um acompanhamento dos serviços em tempo real.

Na visão do prefeito Nelson Marchezan Júnior, esse tipo de iniciativa só foi possível por causa das reformas implementadas na gestão da máquina pública.

“Começou, então, a existir a perspectiva de fazermos contratos maiores e devolvermos o dinheiro para os bairros mais pobres. Essa é a função do Estado: retirar um pouquinho de quem tem mais e destinar para quem não tem quase nada. Estamos trabalhando num conceito de cidade, não de grupos econômicos, de bairros e nichos eleitorais. É a ideia de uma cidade melhor para todos.”

A expectativa da prefeitura da capital gaúcha é de que todas as praças da cidade passem por manutenção e revitalização em até um ano. (Jônatha Bittencourt | Band)

Patrocínio

Desenvolvido por: