Eduardo leite discute concessão para Parques Nacionais do RS – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Meio Ambiente

Eduardo leite discute concessão para Parques Nacionais do RS

A concessão de parques e florestas nacionais na Serra foi tema de reunião na noite desta quinta-feira (11/4), em Cambará do Sul.

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 160
    Shares

A concessão de parques e florestas nacionais na Serra foi tema de reunião na noite desta quinta-feira (11/4), em Cambará do Sul. Além do governador Eduardo Leite, participaram do encontro o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e autoridades municipais, estaduais e federais.

Os focos da concessão, ainda sem data para ser lançada, são a Floresta Nacional de Canela, a Floresta Nacional de São Francisco de Paula e o Núcleo de Gestão Integrada Aparados da Serra Geral, em Cambará do Sul, que compreende o Parque Nacional Aparados da Serra (cânion Itaimbezinho) e o Parque Nacional da Serra Geral (cânion Fortaleza).

A proposta do Ministério do Meio Ambiente é conceder os parques à iniciativa privada, a fim de que os operadores assumam a manutenção da infraestrutura, incluindo tudo que diz respeito à visitação. Hoje, o Aparados da Serra Geral recebe, anualmente, cerca de 250 mil visitantes.

Se os parques forem concedidos, a expectativa do prefeito de Cambará do Sul, Schamberlaen Silvestre, é de que o número salte para 1 milhão. A concessão, portanto, é esperada pelo Executivo municipal, e deve movimentar também o comércio local.

O governador Eduardo Leite vê com a iniciativa do ministério, considerando a geração de empregos e a qualidade do serviço prestado pela iniciativa privada. “É uma oportunidade de qualificar a infraestrutura do parque e a experiência de visitação dos gaúchos”, explicou. O governador também afirmou que busca alternativas para aperfeiçoar o acesso aos parques, que inclui um trecho não pavimentado na ERS-427. Hoje, para chegar ao local, o visitante precisa percorrer um trajeto de 18 quilômetros de chão batido.

Apoio à iniciativa

Os parques passaram por estudos de viabilidade feitos pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. Para o ministro Ricardo Salles, os parques e as florestas gaúchos representam um potencial significativo a ser explorado. “Fiquei impressionado com a beleza natural e com a estrutura já disponível, com trilhas bem demarcadas e proximidade ao centro urbano”, relatou, sobre visita feita à tarde aos parques de Canela e de São Francisco de Paula.

Ainda segundo o ministro, o setor de concessões está em ascensão no Brasil. “Há grande expectativa de crescimento. Esperamos elaborar rapidamente um plano para os parques do RS”, garantiu, afirmando que o apoio demonstrado por Leite e pelos prefeitos dos municípios envolvidos traz força à iniciativa. Salles espera que, até outubro, o edital das licitações esteja concluído, e não descarta a participação de operadores internacionais.

Na manhã desta sexta-feira (12/4), o governador e o ministro, acompanhados de grupo de parlamentares estaduais e federais e do secretário estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, visitarão os dois parques em Cambará do Sul. (Agência de Notícias do RS)


Compartilhe 📣
  • 160
    Shares
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio