Edição especial do Brechocão no mês do Outubro Rosa
Connect with us
“Consultoria

Notícias

Edição especial do Brechocão no mês do Outubro Rosa

Publicado a

em

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), por meio da Coordenação Geral de Direitos Animais promoverá duas edições do Brechocão no mês do Outubro Rosa. “Câncer de mama também é comum entre animais domésticos e o diagnóstico precoce é tão importante quanto em humanos”, alerta a coordenadora Viviane Diogo. O evento está confirmado para os domingos 14 e 21, das 9h às 16h, no Parque Farroupilha, na área de passeio entre o Parquinho da Redenção e o Auditório Araújo Vianna.

Os recursos extras obtidos com as vendas auxiliarão nas despesas com exames preventivos que se juntam a outros gastos, como alimentação, albergagem, atendimento clínico veterinário decorrentes do resgate de animais. Em mais de 20 boxes o público encontrará itens para decoração, roupas masculinas, femininas e infantis, muitas de grife, doadas por pessoas sensibilizadas com o trabalho dos protetores e protetoras cadastrados na prefeitura.




Prevenção – A equipe de veterinários da Unidade de Saúde Animal Victória (Usav), aconselha cuidados básicos para o diagnóstico precoce da doença, inicialmente feitos pelos próprios tutores, como a palpação das mamas, com especial atenção ao aparecimento de nódulos ou o aumento de volume no tecido mamário. As fêmeas caninas têm 50% de chances de contrair tumores malignos, enquanto as felinas chegam a um índice ainda maior: de 90% e por isso, exames clínicos periódicos são importantes.

Esterilização – Fatores genéticos, tipo de alimentação oferecida aos pets e até mesmo ambientais podem levar à doença. A maneira mais eficaz para reduzir as chances de tumores malignos é a esterilização antes dos dois primeiros cios. É importante, também, evitar medicações anticoncepcionais, as “vacinas”, de baixo custo, mas de alto risco para a saúde.




Riscos – Esses cuidados evitam a necessidade de tratamentos quimioterápicos ou cirurgias de mastectomia que ocorrem, em maior número, entre cadelas e gatas idosas, com idades entre 10 e 11 anos. “São casos onde o risco anestésico e cirúrgico é maior”, explica a cirurgiã-chefe da Usav, Brunna Barni.

Atendimento – Pessoas inscritas no programa Bolsa Família, podem buscar atendimento junto a Usav. A distribuição de fichas acontece diariamente, a exceção das quartas-feiras, às 13h, na Unidade (Estrada Bérico José Bernardes, 3489).



Patrocínio

Publicidade

Promoção / (51) 3377.5479

Patrocínio
Patrocínio