Dois órgãos para transplante são escoltados pela EPTC na Capital – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Dois órgãos para transplante são escoltados pela EPTC na Capital

De janeiro até essa terça-feira, a EPTC realizou 14 escoltas de órgãos para transplante, além do traslado de um paciente receptor para os hospitais de Porto Alegre.

Publicado há

em

Foto: EPTC/PMPA

A equipe de batedores motociclistas da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realizou duas novas escoltas de veículos para o traslado de órgãos para transplantes na Capital. Acionados via 118, pela Central de Transplantes do Rio Grande do Sul, no início da manhã dessa terça-feira, 15, os agentes realizaram primeiro a escolta para um coração, que chegou logo após as 12h na Base Aérea de Canoas. Em um trajeto com duração de 21 minutos, o órgão foi entregue em segurança às 12h30, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

Às 13h23, começou a escolta de um segundo órgão, desta vez um fígado para transplante, desde o Aeroporto Salgado Filho, que foi entregue às 13h38 também no HCPA. No trajeto de apenas 15 minutos, os batedores motociclistas percorreram as avenidas Sertório, Farrapos, Dona Margarida, Voluntários da Pátria, Castelo Branco, Túnel da Conceição, Osvaldo Aranha e Ramiro Barcelos. Todo o percurso foi vigiado pelas câmeras da Central de Controle e Monitoramento da Mobilidade (Gecomm) da EPTC.

Leia:
Gaúcho é responsável por criações de filtros do Instagram

“A escolta garante o deslocamento desses órgãos da forma mais ágil e segura possível. Dessa forma, contribuímos com a preservação de vidas e também com a prevenção de acidentes”, diz o gerente de Fiscalização de Trânsito da EPTC, Leandro Coelho. De janeiro até essa terça-feira, a EPTC realizou 14 escoltas de órgãos para transplante, além do traslado de um paciente receptor para os hospitais de Porto Alegre.

(PMPA)

Patrocínio