Delegado pede prisão preventiva de suspeito da matar uma família a facadas – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Polícia

Delegado pede prisão preventiva de suspeito da matar uma família a facadas

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 736
    Shares

Créditos da foto da notícia: Foto: Polícia Civil/Divulgação.

O delegado responsável pela investigação do assassinato de uma família em Triunfo pediu a prisão preventiva do suspeito.

Segundo informações da Polícia Civil, o cortador de grama Deoclides da Silva, de 45 anos, teria matado a facadas a aposentada Mirian Ribeiro Pereira, de 52 anos, e os três filhos dela, João Paulo, de 21, Valquíria, de 30 e Valéria Pereira, de 28 anos.

O motivo teria sido uma desavença religiosa. De acordo com testemunhas, o homem já teria ameaçado a família por considerar as músicas ouvidas na casa muito mundanas.

O pedido de prisão preventiva de Deoclides foi encaminhado à justiça no fim da manhã desta quinta-feira pelo delegado Lucio Melo.

Entenda o caso:

Quatro pessoas da mesma família são mortas a facadas em Triunfo, na Região Metropolitana. Desavença entre vizinhos teria motivado os crimes.




O assassinato de quatro pessoas, pertencentes à mesma família, chocou a população da cidade de Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A aposentada Mirian Ribeiro Pereira, de 52 anos, e os três filhos dela, João Paulo, de 21, Valquíria, de 30, e Valéria Pereira, de 28 anos, foram mortos com facadas dentro de casa.

O assassino teria sido o cortador de grama Deoclides da Silva, de 45 anos, que vive em frente à família. O delegado Lúcio Melo, responsável pelo caso, explica que uma desavença entre os vizinhos teria motivado os crimes.

A rixa teria relação com as diferenças religiosas entre as vítimas e o agressor. De acordo com testemunhas, o suspeito já havia ameaçado a família por considerar as músicas ouvidas na casa como “mundanas”.

Três pessoas, incluindo duas crianças, conseguiram escapar da casa sem ferimentos. Deoclides, que possui antecedentes por ameaça e atentado ao pudor, fugiu do local do crime.

Informações sobre o paradeiro do suspeito podem ser passadas pelo telefone 197, da Polícia Civil. (Band)


Compartilhe 📣
  • 736
    Shares
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio