Conheça a história do bairro Rubem Berta – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Bairros Poa

Conheça a história do bairro Rubem Berta

Publicado há

em

Compartilhe 📣
  • 99
    Shares





Situado no limite norte da cidade, faz divisa com o município de Alvorada e, ao
sul, com bairro Sarandi. Foi criado e delimitado pela lei municipal nº 3159 de
09/07/1968. Atualmente, é o bairro mais populoso da capital, contando com mais de 78
mil habitantes, de acordo com dados do último Censo/IBGE.
A zona norte da capital, até o início do século XX, era uma região agropastoril,
com sua economia baseada na venda de leite. Os minifúndios dominavam a paisagem e
também abasteciam a área central.




A incorporação da zona norte como parte urbana de Porto Alegre foi reflexo do
crescimento e desenvolvimento industrial e comercial da Capital, tornando a região do
Rubem Berta densamente habitada a partir da década de 1960, constituindo-se o bairro
em mais de 20 vilas e grandes conjuntos habitacionais. Essa ocupação ocorreu através
de loteamentos de diferentes iniciativas: poder público, iniciativa privada, invasões e
áreas de ocupações mistas, com parte do loteamento organizado, e outra, com ocupação
irregular.
Uma importante ação que acontece no bairro é o projeto Mudando a Cara, que
nasceu na própria comunidade e objetiva estimular o desenvolvimento sócio-econômico
no bairro. Teve início com revitalização dos prédios do conjunto habitacional (até 2005,
havia 8 prédios terminados), atividade que, além de trazer oportunidades de trabalho
para os moradores, valoriza os prédios, dando ar de dignidade ao bairro e aumentando a
auto-estima de seus moradores. O projeto foi concebido e executado pela Associação
Comunitária de Moradores do Conjunto Habitacional Rubem Berta – AMORB. Além
desse belo projeto, ali circula o chamado Rubi, uma forma de liquidez local através de
vales ou bônus, que visa facilitar a realização de transações no perímetro do bairro, ou
seja, interliga ofertas e demandas, vendas e compras, que contribui significativamente
para a economia local.




As vilas que compõem o bairro Rubem Berta são: Nova Gleba, Santa Rosa, Dois
Diques, Por-do-Sol, João Paris, Fraternidade, Beco dos Maias, Nova Santa Rosa (ex
Vila Ramos), Páscoa, São Borja, União, Paris, Dutra Jardim, Diamantina, Varig,
Alexandrina, Max Guess e o Parque Santa Fé, além dos conjuntos habitacionais
Fernando Ferrari, Guapuruvu, Parque dos Maias, Rubem Berta e Ícaro. Os moradores
do Rubem Berta são, em sua maioria, pessoas de classe média baixa, oriundos de outras
regiões periféricas da capital e de cidades do interior do estado.
O adensamento populacional fez com que os habitantes do bairro se
mobilizassem em associações comunitárias para garantir moradia e condições de infraestrutura.
O Rubem Berta caracteriza-se por ser residencial, dispondo de pequeno
comércio de abastecimento, como supermercados, farmácias, lojas diversificadas, etc. (PMPA)




Compartilhe 📣
  • 99
    Shares
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio