Conheça a história do bairro Belém Velho – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Bairros Poa

Conheça a história do bairro Belém Velho

Publicado há

em

Compartilhe 📣




Trata-se de um dos mais antigos núcleos habitacionais de Porto Alegre, e a denominação “Belém Velho” remete-se ao culto de Nossa Senhora de Belém, propagado na região por uma de suas primeiras moradoras, Sra. Francisca Maria de Jesus. No ano de 1830 foi construída uma capela, em homenagem a Nossa Senhora de Belém.


Com a construção da Igreja, as terras em torno da mesma foram submetidas a uma nova apropriação, idealizada por funcionários eclesiásticos que redistribuíram os lotes, visando o desenvolvimento da região. Posteriormente, a capela passou pela condição de curato, alçando Belém à freguesia.





Na virada do século, Belém Velho passou a ser destinado tanto ao veraneio de famílias que ali possuíam propriedades, bem como local onde eram desenvolvidas atividades agropecuárias. Desta maneira, inexistiu, na época, uma preocupação por parte do poder público em facilitar as vias de acesso ao bairro, que se tornava cada vez mais distante do centro da Capital.

Mas, o trem já passou pelo bairro: em 1926, a linha férrea entre o Mercado Público e a Tristeza foi prolongada até a Vila Nova, passando então a ser utilizada para o transporte de mercadorias produzidas naquele recanto rural de Porto Alegre. Porém, ela teve curta existência: por ser considerada economicamente deficitária, foi desativada em 1932.

A partir da década de 1930, três instituições se instalaram no bairro, ligadas à saúde pública e assistência social – Sanatório Belém, Amparo Santa Cruz e Instituto São Benedito. Estas instituições viriam a influenciar em grande escala a história do bairro, levando muitas pessoas a saírem de Belém Velho, por considerá-lo um bairro insalubre.




O bairro abriga, desde o século XIX, o Cemitério de Belém Velho, que foi encampado em 1992 pela Prefeitura. Possui uma área de 2 ha. Outros pontos que identificam a história de Belém Velho estão a Capela, o antigo casario em frente à praça, a fazenda que pertenceu a Flores da Cunha e a fazenda que pertence à família 14 Chaves Barcelos. Saliente-se que a capela e praça foram tombadas em 1992 pela Secretaria Municipal da Cultura.

Apesar da antigüidade do Bairro, a demarcação de seus limites oficiais foi estabelecida em 1980, pela Lei 4876, fazendo com que grande parte originalmente de Belém, passasse a fazer parte do Bairro Vila Nova.


Contudo, em meio a uma crescente população, o bairro Belém Velho continua sendo um dos bairros de Porto Alegre com menor densidade demográfica e tendo como uma de suas principais características, ainda hoje, o uso produtivo da terra. (PMPA)





Compartilhe 📣
loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio