Cine Victoria, tradicional sala de cinema de rua de Porto Alegre, pode fechar as portas
Connect with us
Consultoria do Sono

Cultura

Cine Victoria, tradicional sala de cinema de rua de Porto Alegre, pode fechar as portas

Publicado a

em





O último remanescente dos cinemas de rua da Capital dedicado a filmes do circuito comercial corre o risco de fechar as portas em 30 dias. Este foi o prazo dado ao locatário do Cine Victoria, tradicional espaço exibidor da Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre. Luiz Carlos Maurente reclama que não foi procurado pela administradora para a renovação e recebeu ontem a notificação para desocupar o local.




“Investi cerca de R$ 270 mil nas salas, sendo R$ 70 mil em manutenção e R$ 200 mil em equipamentos. O valor dos equipamentos é possível reaver, mas o de manutenção é um investimento que se perde”, afirma Maurente.  Composto por duas salas, com 200 e 150 lugares respectivamente, o Cine Victoria movimenta cerca de 4, 5 mil pessoas por mês.

Maurente iniciou sua administração à frente do espaço em 1º de setembro de 2015, passando por quatro meses de renovação até a reinauguração em janeiro de 2016. Procurada, a administradora do edifício preferiu não se pronunciar. (Jornal do Comércio)



Patrocínio
Patrocínio

Patrocínio

Patrocínio

Patrocínio