Aumento de acidentes com motos alerta para o risco das imprudências no trânsito

Trânsito

Aumento de acidentes com motos alerta para o risco das imprudências no trânsito

De janeiro a agosto deste ano, foram 1807 acidentes com envolvimento de motos
Foto: Brayan Martins/ PMPA

A prefeitura registrou, no mês de agosto, 736 acidentes. Desses, 243 envolvem motos, um aumento de 11% em relação ao mês de julho. Também foram registrados, em agosto, três óbitos em acidentes, um a menos que no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 1184 acidentes, sendo 273 com motos.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) alerta para o risco de imprudências ao volante com incidência de mortes, principalmente envolvendo motociclistas, devido ao crescimento dos serviços de entrega a domicílio neste período de quarentena em razão do coronavírus. De janeiro a agosto deste ano, foram 17 ocorrências com motos, sendo as vítimas 16 condutores e um ocupante. Foram registrados 1807 acidentes com envolvimento de motos no período, que resultaram em 1739 feridos.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) institui, sobre as normas de circulação e conduta, que os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores e, juntos, pela dos pedestres (Art. 29 § 2º).

Os números de acidentes com envolvimento de ciclistas e pedestres, de janeiro a agosto, são:

– Ciclistas: em 2020, foram 114 acidentes, sendo 133 nos primeiros oito meses de 2019. Em agosto deste ano, foram registradas 13 ocorrências, quatro a menos que no mesmo período do ano passado.

– Pedestres: no mês em que se comemorou o Dia do Pedestre (8 de agosto), foram 34 acidentes, sendo 335 em 2020. O número é 39% menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 549 acidentes.

Patrocínio
Publicidade

Desenvolvido por: