Arena troca gramado para resolver ruído com Grêmio e se preparar para Copa América – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Esportes

Arena troca gramado para resolver ruído com Grêmio e se preparar para Copa América

Publicado a

em

Compartilhe

Uma das polêmicas do ano, o gramado da Arena do Grêmio passa por nova troca em 2018. Com um calendário cheio para o clube gaúcho e uma Copa América no horizonte, a administração do estádio gremista iniciou a mudança do campo, desde a grama até o método de plantio utilizado. A previsão é de conclusão dos trabalhos em um mês. O primeiro jogo de 2019 está marcado para o dia 27 de janeiro, contra o Juventude, pelo Gauchão.

O gramado da Arena será todo retirado, com uma profundidade de 7 centímetros do solo, e será replantado em rolos lavados (confira o passo a passo abaixo). O processo é diferente da última troca, realizada em julho, quando as placas de grama tinham uma camada mais espessa de argila, o que gerou complicações na drenagem. Depois da retirada da grama, será feita a aeração do terreno, nivelamento e aplicação de areia, até o plantio da grama do tipo Bermuda Tifgrand.

– Devemos finalizar completamente este processo em aproximadamente 30 dias, mas claro que alguns fatores podem interferir nestes prazos, principalmente os climáticos. Se tivermos bastante sol e altas temperaturas nos próximos dias, a chance de acelerar o crescimento da grama é maior – diz a agrônoma Francine Saraiva, via assessoria de imprensa.




Neste ano, o campo foi pivô de polêmicas do técnico Renato Gaúcho com a administração do estádio. A reclamação do ídolo gremista foi centrada na qualidade do gramado e o uso por terceiros. Depois da parada para a Copa do Mundo, quando a grama foi trocada, houve problemas em jogos com chuva. Poças se formaram a partir de dificuldades na drenagem. O show da Shakira em Porto Alegre, em outubro, também requisitou cuidados especiais.

O Grêmio terá Campeonato Gaúcho, Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores pela frente em 2019. Mas a Arena receberá ainda outras competições. O estádio gremista será sede de cinco partidas da Copa América, três da fase de grupos, um das quartas de final e uma semifinal.

– O Grêmio estará novamente disputando todos os principais campeonatos em 2019. Precisamos oferecer as melhores condições para que estes jogos gerem bons resultados para o clube. Além disso, no meio do ano teremos a Copa América, que será uma grande competição. Por isso, a importância de nos anteciparmos e aplicarmos técnicas modernas, que proporcionarão os melhores resultados – diz Mauro Araújo, presidente da Arena.

Confira o passo a passo da troca

Remoção completa do gramado atual.

Aeração com máquina específica, que faz pequenas cavidades ao logo do campo, permitindo a oxigenação e a descompactação do solo.

Nivelamento, tanto com máquina, quanto manualmente em locais onde o maquinário não acessa – como próximo aos aspersores, por exemplo.




Aplicação de areia para criar uma base para a grama que será plantada.

Plantio da grama em rolo lavado: diferentemente da técnica empregada em julho, quando o rolo vinha com uma camada bem espessa de argila, desta vez a grama vem limpa, o que permite seu enraizamento na camada de areia em 25 dias.

Aplicação de fertilizantes e corretivos para permitir maior desenvolvimento da planta.

A irrigação é realizada diariamente junto com a evolução do plantio, auxiliando no desenvolvimento do gramado.
Cerca de 10 dias depois do início do processo, é feito o primeiro corte e, em seguida, se aplica uma camada de areia que serve tanto para proteger o ponto de crescimento da grama, quanto para auxiliar em seu desenvolvimento. (Globoesporte)

Créditos da foto da notícia: Foto: Arena do Grêmio | Divulgação.


Compartilhe
Patrocínio