Alimentos úmidos: a “menina dos olhos” no mercado pet brasileiro – Porto Alegre 24 Horas
Connect with us

Notícias

Alimentos úmidos: a “menina dos olhos” no mercado pet brasileiro

Publicado há

em



Segundo maior País do mundo em população de pets (52 milhões de cães e mais de 22 milhões de gatos), o Brasil ainda apresenta um grande potencial para o desenvolvimento da categoria de alimentos úmidos, conhecida por aqui nos formatos de sachês e latas. Grandes empresas como a Mars, líder no segmento, incrementam seu portfólio de úmidos e lideram um movimento de conscientização dos tutores e futuros tutores de pets de que a alimentação úmida, ainda vista como petisco, é uma refeição completa e balanceada, que oferece todos os nutrientes e balanço hídrico necessários aos animais de estimação e que pode ser oferecida todos os dias para o cão e o gato.

O desenvolvimento da categoria, que no Brasil ainda é incipiente – 1,3% do mercado – estima projeções positivas para os próximos anos em razão do aumento da população de pets e da mudança no perfil do tutor, que busca opções cada vez melhores, e também práticas, de alimentos para oferecer ao pet. Em países da Europa, como a França, a versão úmida, segmento de maior valor agregado, representa quase 100% do mercado. O Reino Unido está na segunda posição com 98%, seguido pelos Estados Unidos, onde representa 60% do mercado.

Leia:
Operação Tapa-Buracos atendeu 16 vias na última semana



No Brasil, segundo a Nielsen as vendas de alimentos secos para cães cresceram 5% em 2016 na comparação com 2015, enquanto petiscos e alimentação úmida aumentaram 10% e 11%, respectivamente. Já na alimentação para gatos, os produtos secos cresceram 10%, petiscos, 9%, e alimentação úmida, 17%.

Mas ainda há muito mercado a ser conquistado. Dados de mercado petfood no País (Kantar Worldpanel, 2016) mostram que, apesar do consumo de alimentos úmidos ter apresentado crescimento, de cada 5 lares que compram alimento seco, apenas 1 também compra sachê. Lares com cães compram alimentação úmida, na média, 4 vezes ao ano, adquirindo 4 sachês/ida ao ponto-de-venda. Já lares com gatos, costumam comprar 7 vezes ao ano, adquirindo 5 sachês/ida ao ponto-de-venda.

Leia:
Parada Livre da Capital mostra temor de movimentos LGBT+ com 'retrocessos'

Cinco benefícios comprovados da alimentação úmida:

1. Opção de alimento completo e balanceado (nãõ é um petisco);

2. Produto prático, de fácil armazenamento e mobilidade, que pode ser oferecido ao pet de forma exclusiva ou misturado ao alimento seco;

3. Menos calóricos pela quantidade de água no produto;

4. Ajuda a manter a saúde do sistema urinário;

5. Contêm níveis de proteína mais próximos aos ideais para cães e gatos em comparação a outras opções.



loading...
Patrocínio