As tradicionais lâmpadas incandescentes saíram de cena e não podem mais ser comercializadas desde o dia 1º deste mês

Notícias relacionadas